Menu
20 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio Ambiente

Projeto prevê materiais biodegradáveis a copos e canudos em MS

Deputado justificou que um utensílio feito de plástico demora de 200 a 400 anos para se decompor

16 Mai2019Da redação16h18

O deputado estadual Neno Razuk (PTB) apresentou um Projeto de Lei que dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização de copos e canudos biodegradáveis em todo estabelecimento comercial e organização públicas ou privadas de Mato Grosso do Sul, que os fornecerem gratuitamente.

A proposta apresentada nesta quinta-feira (16) especifica que entende-se por materiais biodegradáveis “aqueles elaborados a partir de matérias orgânicas e não oriundos de polímeros sintéticos fabricados à base de petróleo”. O deputado justificou que um utensílio feito de plástico demora de 200 a 400 anos para se decompor, segundo pesquisa da Universidade Federal de São Carlos e que para produzir um único copo de plástico utiliza-se até 3 litros de água.

“Muitas vezes utilizamos o copo uma única vez e depois ele é descartado. E o canudo representa 4% de todo lixo plástico do mundo, sendo utilizado em média quatro minutos. Sendo assim esse projeto é um ponta pé inicial e efetivo para mudança de hábito de toda a população”, argumentou o deputado Neno Razuk. O projeto agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Veja Também

Guedes prevê enxurrada de 'notícias boas' após reforma
Reduzir imposto para combater contrabando de cigarros é ilusão, diz Simone
Empresário tem que ter liberdade para demitir, diz senadora de MS
Deputado assume função de coletor de lixo na Capital
Três comissões do Senado discutem impacto ambiental em Bonito
Bolsonaro recebe prêmio nos EUA e diz que ser presidente foi
Audiência debate ações de combate à exploração sexual
Dagoberto é eleito vice-presidente da Comissão Mista de Orçamento
Justiça autoriza bloqueio de R$ 196 milhões de Cabral e Eike
Bolsonaro se encontra com Bush