Menu
24 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Proposta

Projeto de Lei impede operadoras de cobrar multa contratual de desempregados

Proposta segue para apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR)

16 Abr2019Da redação16h57

Começou a tramitar nesta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Projeto de Lei que obriga as concessionárias e operadoras dos serviços de telefonia fixa, telefonia móvel, internet e TV por assinatura a cancelarem a multa contratual de fidelidade quando o usuário comprovar que perdeu o vínculo empregatício, após a adesão do contrato. A proposta segue para apreciação da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação).

Também foi apresentado Projeto de Lei que estabelece a obrigatoriedade da implantação de ecodutos que possibilitem a preservação e proteção da fauna, por meio da transposição segura sob ou sobre as estradas, rodovias e ferrovias, em todo o território do Estado de Mato Grosso do Sul.

O projeto determina que os Estudos de Viabilidade Técnica e Ambiental e os Estudos de Impacto Ambiental relativos às obras de novas construções, deverão prever a implantação de ecodutos. Para as estradas, rodovias e ferrovias já existentes, a criação das pontes sustentáveis se dará no prazo a ser definido mediante decreto governamental, que não poderá ser superior a cinco anos.

Veja Também

STJ reduz pena de Lula no caso do triplex
UFGD
Servidores cobram abono salarial e jornada de 6h
Secretário é escolhido para presidir o PSDB
Acordo para votar Previdência na CCJ não terá impacto fiscal
Projeto que desobriga obesos de passar em catraca será votado na terça
CPI para investigar tragédia de Brumadinho será instalada na terça-feira
Processo que identifica pessoa com deficiência será revisado
CCJ retoma na terça análise do parecer da reforma da Previdência
Bolsonaro: invasão de terra tem que ser tipificada como terrorismo