Menu
25 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Poder Legislativo

Prevendo receita menor, LDO será votada na terça-feira

Capital arrecadará R$ 3,45 bilhões em 2018, o que representa queda de 3,46%

1 Jul2017Da redação10h55

Campo Grande deverá arrecadar R$ 3,455 bilhões em 2018, que representa uma queda de 3,46% em relação aos R$ 3,563 bilhões previstos para 2017. Os valores constam do Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018 que deverá ser votado na próxima terça-feira, 4 de julho, na Câmara Municipal de Vereadores, em segundo turno de discussão.

Conforme o texto encaminhado pela preteitura, a projeção deve-se, principalmente, à queda nos repasses dos governos Estadual e Federal: FPM (Fundo de Participação dos Municípios), ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) e Fundeb, por exemplo, foram reduzidos, ou subiram abaixo da inflação.

A proposta encaminhada pelo Executivo prevê a aplicação de 25% da receita resultante de impostos em educação, 1% para cultura e outros 15% para saúde.

O Projeto de Lei n° 8.470/17, de autoria do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentárias do Município de Campo Grande, para o exercício financeiro de 2018 e dá outras providências foi aprovado contemplando 43 emendas dos parlamentares ao texto final da proposta.

A proposta foi aprovada em primeira discussão na sessão ordinária da última quinta-feira (29).

O relatório final da LDO 2018, que teve como relator o vereador João César Mattogrosso, foi lido em Plenário pelo presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento, vereador Eduardo Romero, o qual foi aprovado por unanimidade. Das 97 emendas apresentadas pelos vereadores, 43 foram incorporadas ao texto final.

Serviço - A sessão ordinária de terça-feira (4) será realizada, a partir das 9 horas, no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, nº 1.600, bairro Jatiúka Park.

(Com informações da assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Campo Grande)

Veja Também

Tentativa suicídio mobiliza Bope e Bombeiros
PSDB tem três alianças confirmadas
Puccinelli pretende anunciar o vice em julho
Justiça homologa delação premiada de Palocci
Presidenciável, Henrique Meirelles volta à Capital na segunda-feira
Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política