Menu
19 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Câmara Municipal

Eduardo Romero será o relator do orçamento da Capital

Definida relatoria da Lei Orçamentária de Campo Grande para 2019

12 Out2018Da redação14h12

O projeto de lei 9.087/2018, que trata da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2019 foi encaminhado para a Câmara Municipal e começou a tramitar. Nesta terça-feira, 9, foi definido que a relatoria é do presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, vereador Eduardo Romero (Rede).

Os vereadores podem encaminhar emendas ao projeto do executivo até o dia 22 de outubro, conforme prazo regimental. Ainda conforme regimento, a Casa tem até a última sessão do ano para colocar o projeto em votação, no caso até 20 de dezembro.

Eduardo Romero explica que a LOA precisa estar em sintonia com o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A LOA estima a receita e fixa a despesa do município para ano seguinte, que está estimado em R$ 4.008.320,000, 00 (quatro bilhões, oito milhões, trezentos e vinte mil reais). O previsto para o ano que vem é crescimento de 8,26% em relação a este ano.

Veja Também

Nova pesquisa consolida liderança de Reinaldo
MPE vai apurar suspeita de doações ilegais à campanha de Bolsonaro
Eleitores de Bolsonaro realizarão ato público no domingo
Moro nega influência nas eleições ao divulgar delação de Palocci
Senac da Capital oferece cursos na área de informática
Próximo governo terá receita de R$ 15 bi em 2019
Aluno escondia arma dentro da lancheira, diz escola
Temer afirma que seu governo tirou o Brasil da crise
Haddad diz que substituirá toda a equipe econômica caso vença
Bolsonaro diz ter firmado compromisso em defesa da família