Menu
19 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Câmara Municipal

Eduardo Romero será o relator do orçamento da Capital

Definida relatoria da Lei Orçamentária de Campo Grande para 2019

12 Out2018Da redação14h12

O projeto de lei 9.087/2018, que trata da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2019 foi encaminhado para a Câmara Municipal e começou a tramitar. Nesta terça-feira, 9, foi definido que a relatoria é do presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, vereador Eduardo Romero (Rede).

Os vereadores podem encaminhar emendas ao projeto do executivo até o dia 22 de outubro, conforme prazo regimental. Ainda conforme regimento, a Casa tem até a última sessão do ano para colocar o projeto em votação, no caso até 20 de dezembro.

Eduardo Romero explica que a LOA precisa estar em sintonia com o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A LOA estima a receita e fixa a despesa do município para ano seguinte, que está estimado em R$ 4.008.320,000, 00 (quatro bilhões, oito milhões, trezentos e vinte mil reais). O previsto para o ano que vem é crescimento de 8,26% em relação a este ano.

Veja Também

Moro afirma que modelo processual brasileiro exige parcimônia de juiz
Vagas para açougueiro, alinhador de pneus, atendente e outros
Bolsonaro pede que Congresso não suspenda decretos do porte de armas
Deputado estadual propõe a criação do Programa Milhas da Saúde
Bernal deixa comando do PP para Evander assumir
Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem
Governador sanciona leis de combate à crueldade contra animais
Bolsonaro avalia reduzir imposto sobre produtos de TI
Parecer da reforma é bem recebido pelo mercado financeiro
Projeto inclui tema 'Combate à corrupção' no currículo escolar