Menu
14 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Eleições 2018

PDT lança Odilon de Oliveira ao Governo

Ex-juiz é o primeiro candidato a ter o nome confirmado em convenção

21 Jul2018Laureano Secundo11h27

Por aclamação o diretório Regional do PDT lançou na manhã de hoje o nome do Juiz aposentado Odilon de Oliveira como candidato ao Governo do Estado tendo como vice Herbert Hertz e ainda confirmou alianças com o PROS e o Podemos sendo que , por este ultimo partido foi confirmado o nome de Francisco Maia para concorrer a uma vaga ao Senado sendo que para a outra vaga  foi anunciado o nome das ex-reitora da Universidade Estadual Leocádia Petry Leme. Os pedetistas também anunciaram 34 nomes para disputar vagas na Assembleia Legislativa  e 12 nomes que devem integrar a chapa para ao Câmara Federal.

Muito embora tenha  anunciado a chapa majoritária completa , João Leite Schimidt , coordenador da campanha de Odilon de Oliveira disse que as conversas com outras agremiações devem prosseguir até o dia 5 de agosto quando se encarra o prazo para realização de convenções. “Ainda temos muito tempo apenas lançamos o nome do Juiz Odilon de Oliveira para por fim aos mais diversos tipos de boatos que estavam sendo lançados colocando em dúvida a sua candidatura ao Governo do Estado”, afirmou Schimidt.

Também era unânime entre os pedetistas  a afirmação de que está mantida a candidatura de Francisco Maia ao Senado por indicação do Podemos, apesar do próprio  Maia já ter anunciado na imprensa  que não pretende mais concorrer na eleição deste ano. “Estou conversando com o Maia e essa decisão dele está sendo revertida e espero que até o dia 5 ele esteja firme e forme como candidato na nossa chapa”, afirmou Schimidt.

Com relação outros possíveis aliados  Schmidt disse que o Senador  Pedro do PRB  continua cotado mais depende de acertos com o presidente regional da  sigla que é  integrante do atual Governo do estado e estaria dificultado a aliança. Schimidt disse também que espera por alguns partidos que não devem encontrar espaço na chapa que deverá apoiar o atual Governador  Reinaldo Azambuja.

Já o Juiz Odilon de Oliveira disse que o lançamento oficial do seu nome  em convenção coloca um fim a onda “fakenews” que se formou tentando confundir as pessoas sempre ventilando a possibilidade de sua desistência para concorrer ao Senado. “Agora não tem mais como dizer não sou candidato ao Governo  pois o partido já realizou a sua convenção e confirmou o meu nome, disse Odilon de Oliveira.

Veja Também

Política Tribunal diploma 40 eleitos em solenidade na Capital Diplomação atesta que candidato foi eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo
MPF oferece 27 denúncias à Justiça por fraudes na lei Rouanet
Caso Battisti é assunto do Judiciário, e não de política, diz general
Há 50 anos, AI-5 suspendia direitos políticos no País
Governador doará metade do salário para entidades assistenciais
Ministro do Trabalho em exercício é suspenso após operação da PF
Azambuja entrega propostas de segurança ao País a Sérgio Moro
Cantores sertanejos homenageiam Bolsonaro em Brasília
Futura ministra defende aprovação do Estatuto do Nascituro
Refis estadual segue para sanção do governador