Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Assembleia Legislativa

Tomam posse os primeiros concursados

Empossados devem começar a trabalhar a partir da próxima sexta-feira

31 Ago2017Da redação12h29

Formada em Letras, Maria Cecília Pires Carvalho, 26 anos, era pura empolgação na manhã desta quinta-feira (31/8). Natural de Belo Horizonte e residente em Montes Claros, Minas Gerais, ela inicia hoje uma nova trajetória profissional. "Eu não conhecia nada de Mato Grosso do Sul. Somente vim fazer o concurso e agora estou maravilhada com a oportunidade de viver nesta cidade tão bonita", disse.

Aprovada para o cargo de redatora/revisora no primeiro concurso público da Assembleia Legislativa (ALMS), Cecília foi empossada juntamente com outros 28 colegas. Entre eles, o administrador Alfredo de Paula Silva, 45 anos, que exercerá o cargo de agente de polícia legislativa. "Já morei aqui durante 10 anos, tenho amigos em Campo Grande e minha expectativa é a melhor possível. É muito bom estar aqui", afirmou o novo servidor, que é natural de Araçatuba (SP) e estava residindo em Itumbiara (GO). Segundo ele, a experiência de 12 anos na área da segurança será muito útil durante o exercício profissional na Casa de Leis.

Maria Cecília e Alfredo representam os concursados que são provenientes de outros Estados, como Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Amazonas e Goiás. Todos os novos servidores passarão por curso de formação, segundo informou o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB). Ele explicou que os profissionais que atuarão na área da segurança participarão de capacitação conjunta com a Polícia Militar. Já os demais, receberão treinamento da Escola do Legislativo Senador Ramez Tebet.

No total, 29 concursados tomaram posse, sendo 6 cotistas (5 negros e 1 com deficiência). "Com relação aos demais, alguns desistiram, e estamos chamando os próximos aprovados, outros estão questionando o indeferimento por parte da Comissão do Concurso, pelo não cumprimento de algum dos requisitos para a posse, e outros estão em processo de finalização do processo para a posse", informou Mochi.

Ao dar as boas-vindas aos novos funcionários do Legislativo Estadual, o presidente lembrou que o certame foi realizado por uma das instituições mais conceituadas do Brasil, a Fundação Carlos Chagas (FCC), com mais de 17 mil inscritos, e ressaltou a importância deste momento histórico. "Foi um concurso extremamente concorrido e concluímos essa etapa, que adequa a Assembleia Legislativa aos novos tempos. Vocês são os protagonistas desta nova fase, marcada pela transparência, modernização e interação da Casa de Leis com a sociedade. Vamos avançar cada vez, mais fortalecendo o Legislativo na sua missão de bem servir à sociedade", disse Mochi.

É a mesma opinião do 1º secretário da ALMS, Zé Teixeira (DEM). "Muitas outras Assembleias não fizeram concurso e estou muito feliz hoje ao darmos posse aos servidores, que estão entrando compromissados com o trabalho e vão nos ajudar a escrever uma história do Poder Público ainda melhor", disse o deputado. Também ressaltou que todos os aprovados estão na Casa de Leis por "capacidade e competência". Os novos servidores iniciam o trabalho nesta sexta-feira (1/9). Os demais 40 aprovados no certame deverão ser chamados no início do ano legislativo de 2018.

A solenidade de posse, no saguão Nelly Martins, contou com a presença de deputados estaduais, autoridades de outros Poderes, servidores da Casa de Leis e familiares dos concursados. A secretária de Recursos Humanos da ALMS, Marlene Figueira da Silva, elaborou uma mensagem aos novos funcionários, que pode ser lida abaixo:

 

Veja Também