Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Economia

Assembleia convalida incentivos fiscais

Projeto foi encaminhado pelo Governo e aprovado em regime de urgência

8 Ago2017Laureano Secundo11h25

Com a realização de sessões extraordinários os deputado estaduais aprovaram na manhã de hoje o projeto encaminhado pelo Governo do Estado convalidando os incentivos fiscais concedidos  nos últimos 10 anos. O projeto foi votado, em regime de urgência, após reunião do secretário de Governo Eduardo Riedel com os deputados.

O presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), explica que foi esclarecido aos deputados a importância do programa de incentivos e que todos concordaram no regime de urgência. Com a convalidação abre possibilidade aumentar transparência dos processos, isso porque a concessão seria disponibilizada pelo Confaz e pelo próprio governo estadual em seus portais na internet, conforme adiantou, Eduardo Riedel (PSDB).

O projeto de lei que convalida incentivos fiscais em Mato Grosso do Sul até 2035.e os representantes do Governo alegam que a não aprovação da lei, pela Assembleia, colocaria em risco investimentos no Estado que somam R$ 40 bilhões. O aval dos deputados à matéria valida prazos e alíquotas já definidas nos acordos entre governo e empresas.

“Entre 2002 e 2015 o número de trabalhadores saltou de 49 mil para 110 mil em no Estado, uma abertura de mais de 60 mil postos de trabalhos”. Afirmou  o secretário de desenvolvimento econômico, Jaime Verruck Segundo Verruck, Já o líder da bancada peemedebista, Eduardo Rocha, afirmou que essa convalidação é a salvação de MS. Já George Takimoto (PDT), ressaltou a necessidade de se fazer política de incentivo, mas não se utilizar dela para fazer política.

Veja Também

TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições
Fórum de Segurança traz ministros à Capital
Eleitores podem solicitar voto em trânsito a partir desta terça-feira
Tempo para justificar o voto
Produtores rurais de Sidrolândia fazem homenagem a Bolsonaro
Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho
STF dá mais 30 dias para conclusão de investigação sobre Aécio
Juiz deverá consultar pais e MP antes de definir guarda de filhos
Deputado pede ao governo cronograma dos recursos da Cesp
Câmara define Comissão Representativa para o recesso parlamentar