Campo Grande •14 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Laureano Secundo | Terça, 8 de Agosto de 2017 - 11h25Assembleia convalida incentivos fiscaisProjeto foi encaminhado pelo Governo e aprovado em regime de urgência

Secretário Eduardo Riedel encaminhou projoto que convalida incentivos fiscais
Secretário Eduardo Riedel encaminhou projoto que convalida incentivos fiscais (Foto: Luciano Muta)

Com a realização de sessões extraordinários os deputado estaduais aprovaram na manhã de hoje o projeto encaminhado pelo Governo do Estado convalidando os incentivos fiscais concedidos  nos últimos 10 anos. O projeto foi votado, em regime de urgência, após reunião do secretário de Governo Eduardo Riedel com os deputados.

O presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), explica que foi esclarecido aos deputados a importância do programa de incentivos e que todos concordaram no regime de urgência. Com a convalidação abre possibilidade aumentar transparência dos processos, isso porque a concessão seria disponibilizada pelo Confaz e pelo próprio governo estadual em seus portais na internet, conforme adiantou, Eduardo Riedel (PSDB).

O projeto de lei que convalida incentivos fiscais em Mato Grosso do Sul até 2035.e os representantes do Governo alegam que a não aprovação da lei, pela Assembleia, colocaria em risco investimentos no Estado que somam R$ 40 bilhões. O aval dos deputados à matéria valida prazos e alíquotas já definidas nos acordos entre governo e empresas.

“Entre 2002 e 2015 o número de trabalhadores saltou de 49 mil para 110 mil em no Estado, uma abertura de mais de 60 mil postos de trabalhos”. Afirmou  o secretário de desenvolvimento econômico, Jaime Verruck Segundo Verruck, Já o líder da bancada peemedebista, Eduardo Rocha, afirmou que essa convalidação é a salvação de MS. Já George Takimoto (PDT), ressaltou a necessidade de se fazer política de incentivo, mas não se utilizar dela para fazer política.

Veja Também
Senado aprova critérios de isenção de ISS sobre exportação de serviços
Juiz autoriza casal Olarte a retirar tornozeleiras
Votação da reforma da Previdência é marcada para 18 de fevereiro
CPMI da JBS pede investigação contra Janot e indiciamento dos irmãos Batista
Marun ainda quer votar relatório na CPMI da JBS antes de posse no ministério
Temer faz apelo a prefeitos para que apoiem a reforma da Previdência
Deputados aprovam orçamento de R$ 14 bilhões para 2018
Pressionado, Marun desiste de pedir indiciamento de Janot
Governador promete entrega de Aquário em 2018
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 09h56Comissão vota nesta quarta relatório final da proposta orçamentária para 2018 Decisão de votar foi tomada em reunião do colégio de líderes com o presidente da CMO, senador Dário Berger (PMDB-SC)
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento