Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleição extra

Candidato do PMDB é eleito em Tacuru

Eleição foi determinada após impugnação dos eleitos em 2016

5 Jun2017Da redação08h09

Com uma diferença de apenas 105 votos, Carlos Pelegrini do PMDB foi eleito prefeito de Tacuru, com 51% dos votos válidos em disputa com o candidato Paulo Mello, do PP, As eleições suplementares registraram ainda 39 votos brancos (0,73%) e 88 votos nulos (1,64%). O candidato peemedebista teve 2.672 votos válidos, o que corresponde a 51%. Paulo Sergio Lopes Mello (PP) teve 2.567 votos, o que corresponde a 49%. Ao todo, 5.366 eleitores comparecem às urnas (75,96%) e 1.698 (24,04%) se ausentaram.

Um total de 1.698 eleitores, dos 7.064 da cidade, não comparecem à votação, resultando em índice de abstenção de 24,04%. Os que decidiram votar em branco ou nulo somam 127, ou 2,37% do eleitorado.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou nova eleição em Tacuru porque prefeito e o vice eleitos em outubro passado tiveram os registros da candidatura cassadas. De acordo com o delegado, as prisões foram efetuadas por policiais militares por meio de denúncias anônimas.

Outros

Eleitores de outros cinco municípios escolheram hoje (04) novos prefeitos e vices. Os municípios que tiveram eleições suplementares neste domingo foram: Cristiano Otoni (MG), Guaraqueçaba (PR), Moreira Sales (PR), Taguatinga (TO), Tomé-Açu (PA) e Tacuru, distante 420 km de Campo Grande.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) convocou novas eleições para estes municípios em razão de perda ou cassação de mandato ou irregularidades no registro de candidaturas dos nomes eleitos na última eleição municipal.

 

Veja Também