Campo Grande •21 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner SEGOV - Mesmo na crise Obras

Laureano Secundo | Quinta, 1 de Junho de 2017 - 09h14Visita a Fachin será o primeiro passoDeputados que ter acesso ao conteúdo das delações feitas por Executivos da JBS

Deputados da Comissão Especial devem solicitar audiência do Ministros Edson facchin
Deputados da Comissão Especial devem solicitar audiência do Ministros Edson facchin (Foto: Divulgação)

Uma audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Facchin será primeira agenda da Comissão Especial da Assembléia legislativa que vai investigar as delações feitas pelos irmãos Joesley e Wesley Baptista sobre o pagamento de propina para governadores de Mato Grosso do Sul. “Já na próxima semana vamos aprovar na primeira reunião um requerimento solicitando que toda a delação seja disponibilizada para que possamos trabalhar”, afirmou Paulo Correa (PT).

Além de todo o material referente as delações dos executivos da JBS os membros da comissão também devem requisitar as gravações feitas pelos donos do curtume Braz Peli, denunciando a cobrança de propina para a inclusão de empresas no programa de incentivos fiscais. “Vamos reunir todo material para que que não tenhamos a necessidade de ficar criando comissões para cada denúncia que surgir”, afirmou o relator da Comissão Flávio Kayatt.

De acordo com os deputados que integram a comissão Especial a expectativa é que os trabalhos devem ser concluídos num prazo máximo de 30 dias quando devem votar se irão recomendar a criação de uma Comissão processante. Apesar de um tempo curto , pois há um extenso material a ser analisado os parlamentares acreditam  será um tempo suficiente para que consigam chegar a uma conclusão sobre as denuncias que foram feitas

Comissão

O ato 4/2017, que nomeia os membros para compor a Comissão Especial para apurar denúncia de eventual crime de responsabilidade do Governador do Estado, foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (31/5). 

São membros titulares os deputados Paulo Corrêa (PR), presidente, Eduardo Rocha (PMDB), vice-presidente e Flavio Kayatt, relator. E ainda os deputados Marcio Fernandes (PMDB) e Pedro Kemp (PT).

Como suplentes ficaram os parlamentares Cabo Almi (PT), Coronel David (PSC), Mara Caseiro (PSDB), Dr. Paulo Siufi (PMDB) e Renato Câmara (PMDB). As reuniões da Comissão serão no Plenarinho da Casa de Leis, nas quartas-feiras, às 15h30.

Veja Também
Ministro diz que vai abrir mão de R$ 18 mil por mês
Vereadores mantêm veto a boletim escolar eletrônico
Câmara lança 2ª edição da Cartilha de Direito do Consumidor
Previdência Municipal vira alvo de CPI na Câmara
MPF denuncia ex-ministro Geddel Vieira por obstrução de Justiça
Aplicativo Mulher Segura pode ajudar vítimas de violência doméstica
PMDB marca convenção para voltar a usar a sigla MDB
JBS admite que não cumpriu acordos
PF apreende celulares e eletrônicos na casa de ex-secretário federal
Terça, 15 de Agosto de 2017 - 12h00Moro defende "vontade política" para que medidas anticorrupção avancem Moro fez um balanço positivo da Lava Jato
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento