Campo Grande •23 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 24 de Outubro de 2016 - 12h01Reinaldo mira indecisos na reta finalGovernador assegura pelo menos 20% do eleitorado ainda não se definiu

Governador Reinaldo azambuja acha que indecisos devem definir a eleição
Governador Reinaldo azambuja acha que indecisos devem definir a eleição (Foto: Luciano Muta)

O Governador Reinaldo Azambuja disse, nesta segunda-feira que as propostas para convencer eleitores ainda indecisos serão fundamentais para definir o segundo turno em Campo Grande, afirmou o governador do Estado. “Tenho participado de reuniões, naquelas que eu sou chamados, feito gravações de alguns programas eleitorais, colocado principalmente a defesa do governo”, disse  o governador.

Reinaldo afirmou que tem participado de reunião e programas de televisão para fazer a defesa de seu governo, contra o que chama de “inverdades e mentiras” ditas pelo adversário. Apesar de não citar nomes, o governador afirmou que na reta final da campanha, adversários de sua candidata estariam apresentando números, sobre a gestão tucana, que ‘não refletem a realidade’, em investimentos em áreas como saúde, segurança pública e propaganda. Fizemos uma defesa para restabelecer a verdade”, frisou o tucano.

Para o governador, o eleitor indeciso, segundo ele mais de 20% da população da Capital, irá definir o futuro prefeito de Campo Grande. “Com certeza esses decidirão a eleição que só acaba no dia 30 de outubro”, finalizou. 

Veja Também
MPE recomenda a prefeito que regularize prática de nepotismo
Maioria do STF confirma delações da JBS e Fachin relator
Juiz suspende verbas indenizatórias a vereadores da Capital
Bernal recorrerá da decisão do TCE sobre lâmpadas de LED
TCE mantém suspensa compra de lâmpadas de LED
Dois ministros votam contra revisão de delação pedida por Reinaldo
Governo e JBS têm 5 dias para entregar documentos
Quarta, 21 de Junho de 2017 - 10h30Henrique Alves e Eduardo Cunha são denunciados pelo MPF no Rio Grande do Norte Ex-parlamentares são acusados de receber pelo menos R$ 11,5 milhões em propinas de empreiteiras
Quarta, 21 de Junho de 2017 - 09h37Envolvido no caso Odebrecht, controlador-geral do Equador renuncia Anúncio sobre a saída de Pólit foi feito pelo presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), o governista José Serrano, no...
STF vota pedido de Reinaldo para afastar de Fachin
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento