Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleições 2016

Coronel Davi anuncia apoio a Rose

Candidato do PSC firma compromisso com a candidata do PSDB no segundo turno

7 Out2016Laureano Secundo12h28

"Espero que ao ser eleita a Rose crie a Controladoria Geral do Município pois esta foi uma das propostas de nossa campanha”. Esta foi a afirmação do deputado estadual coronel Davi, candidato a prefeito pelo PSC a prefeito de Campo grande no primeiro turno e que acabou  a disputa em quarto lugar..  A declaração foi dada na manhã de hoje quando ele , acompanhado da sua vice  anunciou o apoio à candidatura da candidata do PSDB no segundo Turno da Campanha eleitoral.

“Assinei o compromisso de incorporar as minhas propostas  a criação da Controladoria  geral e também vamos contar com a participação de todos os integrantes do PSC na campanha deste segundo turno”. Esta foi a afirmação da candidata Rose Modesto agradecendo não só ao deputado como também aos membros do PSC que se fizeram presentes ao ato  que aconteceu no Comitê Central da campanha dos Tucanos.

Rose também a anunciou que o apoio do Athayde Nery deve ser definido amanhã quando o diretório municipal do PPS terá uma reuni. Já em relação do prefeito Alcides Bernal ele disse que já manteve uma reunião com ele que também reuniu-se com  o Governador Reinaldo Azambuja. “Nós já estamos apagando tudo o que houve até aqui e temos que pensar no que é melhor para Campo grande”, concluiu a candidata do PSDB.

Veja Também

Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política
Simone elogia retomada das obras de fábrica de fertilizantes em MS
Educação Ações podem acabar com cursos EaD na área da saúde em MS Medidas foram decididas em audiência pública da assembleia
Eleições 2018 Eleição sem dinheiro de empresários Pela 1ª vez, campanha eleitoral não terá financiamento de empresas
PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer e ministros
Senadora de MS sugere Comissão sobre Segurança Pública