Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleições 2016

Marquinhos vai buscar apoio de nomes

Candidato do PSD a prefeito Campo Grande já definiu estratégia por apoio no segundo turno

3 Out2016Laureano Secundo10h17

“Não vou buscar  partidos mas sim nomes”. Assim Marquinhos Trad (PSD) definiu  a forma como pretende começar a conversar  para definir as alianças para o segundo turno . O candidato concedeu entrevistas na manhã de hoje quando já disse estar dando início as conversas  para tentar conquistar principalmente o voto dos eleitores que não compareceram  em que totalizaram mais de 114 mil pessoas.

Com relação ao grande número de eleitores que simplesmente não compareceram  para votar, Marquinhos Trad  acha que isso se deve ao baixo nível da campanha  o que contribui para o afastamento do eleitorados. “Basta ver todas as acusações que foram feitas contra a mim “, disse Marquinhos Trad. O candidato do PSD também citou o fato de ter acontecido uma grande renovação da Câmara como mais um sinal da insatisfação da população com os atuais políticos.

Marquinhos Trad disse também que, no segundo turno,  pretende fazer uma campanha sem ataques mas mostrando ser um políticos que tem independência wr busca defender os interesses da população da Capital. “A população quer prefeitos autônomos que conversam de igual para igual com o Governador e não alguém que vai atender aos interesses do seu líder político”, afirmou marquinhos Trad.

Com relação Alcides Bernal , Marquinhos Trad disse que todos devem respeitar os votos de todos aqueles que estiveram com o prefeito da Capital  pois foi por muito pouco que ele não conseguiu ir para o segundo turno. Vamos manter um diálogo de alto nível com o prefeito e principalmente com os seus eleitores .

Veja Também

Tentativa suicídio mobiliza Bope e Bombeiros
PSDB tem três alianças confirmadas
Puccinelli pretende anunciar o vice em julho
Justiça homologa delação premiada de Palocci
Presidenciável, Henrique Meirelles volta à Capital na segunda-feira
Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política