Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleições 2016

"A minha candidatura já foi uma vitória política do PT"

O candidato a prefeito de Campo Grande, Alex do PT admite as dificuldades nacionais prejudicaram sua campanha

27 Set2016Laureano Secundo12h53

“Não nos omitimos e  mostramos que o PT tem o que propor para a população mesmo vivendo um momento delicado nacionalmente”. Foi o que afirmou Alex do PT, candidato a prefeito de Campo grande  ao participar da rodada de entrevistas promovida pela RDE MS (Diário Digital, com os candidatos a Prefeitura da Capital . O petista revelou que procurou realizar uma campanha propositiva  procurando discutir temas maiores para a melhoria de vida da população em todos os níveis.

“Infelizmente a campanha está  tendo uma agenda do s[éculo 19 com os candidatos debatendo sobre buracos das ruas quando deveriam debater sobre temas maiores como industrialização , inclusão digital e outros”. Afirmou Alex do PT admitindo que esse quadro se deve também ao período de caos político e administrativo vivido pela administração municipal nos últimos quatro anos.

“Quando o Poder Executivo  assume uma posição autoritária e a Câmara Municipal se coloca como um entrave para  as propostas  encaminhadas para melhoria de vida das pessoas acabamos por viver momentos como este”. Foi o que afirmou Alex do PT ao comentar sobre os diversos embates entre o prefeito Alcides Bernal  e a maioria dos vereadores da Câmara Municipal que, segundo ele acabou se transformando numa queda de braço.

Alex também considera que o próximo prefeito terá muitas dificuldades para poder conduzir os destinos da Capital , principalmente em função das demandas reprimidas  pelo período de estagnação que a cidade viveu nos últimos quatro anos. “O futuro prefeito terá que ampliar diálogo e os vereadores terão uma responsabilidade ainda maior para poder recuperar a cidade”, afirmou Alex do PT.

Veja Também

MPF cobra R$ 22 milhões de Puccinelli e ex-secretários
LDO terá audiência pública dia 27
Cadastro biométrico não é obrigatório no interior para eleições 2018, diz TRE-MS
Servidor público terá falta abonada para ir à reunião escolar
TCE-MS encaminha projeto de reajuste salarial à Assembleia
Vereadores da Capital propõem parcelar imposto em até 12x
Aprovados em concurso da Agepen pedem apoio por convocação
Segunda instância rejeita último recurso de Lula no caso do triplex
STF aceita denúncia contra Aécio por corrupção e obstrução de Justiça
Vereadora promete provar que trocou de partido por justa causa