Campo Grande • 02 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | sábado, 24 de setembro de 2016 - 12h12Policial xinga autoridades e saca arma em comícioNo palanque estavam André Puccinelli, Carlos Marun, Lídio Lopes e outros políticos

  
Candidato a prefeito discurso no comício com a presença de apoiadores (Foto: Reprodução/Facebook)
  • Candidato a prefeito discurso no comício com a presença de apoiadores
  • Durante o comício, populares vaiaram policial que sacou arma, causando confusão no local  (Foto: Reprodução/Facebook)

Candidato a prefeito da cidade de Iguatemi, Carlos Adão Nogueira Lopes, o Carlinhos Lopes (PMDB), postou nota de repúdio nas redes sociais a um fato ocorrido em seu comício na noite desta sexta-feira, 23 de setembro, na Vila Operária, no município.  Segundo ele, um policial civil à paisana se aproximou do palanque, xingou autoridades e, ao ser vaiado, sacou o revólver e fez ameaças. Ele fugiu em seguida. 

Do comício participavam lideranças do PMDB como o ex-governador André Puccinelli, o deputado federal Carlos Marun e o deputado estadual Lídio Lopes (PEN) entre outros nomes. Conforme relato do candidato, o policial estava visivelmente alterado e fazia ofensas contra os presentes no palanque.

“Ao ser vaiado pela própria população que acompanhava os discursos, o policial, profissional que deveria zelar pela segurança da população, teve uma atitude imprudente e sacou o revólver que portava, fazendo ameaças e colocando em risco as pessoas presentes, inclusive crianças”, descreve Carlinhos.

O policial fugiu em seguida e ninguém ficou ferido no episódio. O caso foi registrado na Polícia Civil que vai apurar a ocorrência e a conduta do policial. Ele deverá responder a processo administrativo e criminal, podendo até ser expulso da corporação. Além disso, segundo relatos nas redes sociais, o policial teria deixado o plantão para ir ao comício.

“A coligação Iguatemi no coração da gente repudia toda e qualquer forma de violência, pois entende que vivemos em uma democracia e a população tem o direito de acompanhar as atividades de seus candidatos em segurança, bem como o direito de escolher seus representantes”, disse o candidato a prefeito.

 

Veja Também
Renan Calheiros vira réu no Supremo pela primeira vez
Juízes bradam contra criminalização aprovada na Câmara
terça, 29 de novembro de 2016 - 13h15"É um fato tristíssimo", diz Temer sobre desastre aéreo com Chapecoense Aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto decidiu arriscar o pouso
terça, 29 de novembro de 2016 - 10h18Dois vetos são rejeitados Cinco projetos recebem pareceres favoráveis
PSOL protocola pedido de impeachment contra Temer
Marquinhos planeja corte de gastos
segunda, 28 de novembro de 2016 - 11h22Moka conclui relatório com R$ 1,7 bilhão Relator setorial do Orçamento, senador sul-mato-grossense encaminha relatório
Ministro do STJ decide manter prisão de Eduardo Cunha
Justiça bloqueia R$ 1 bi de Cabral e de suspeitos de isenção fiscal irregular
Gedel pede demissão
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento