Campo Grande •20 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Sexta, 17 de Março de 2017 - 16h55Pedro Chaves assinará pedido para criação da CPI da PrevidênciaCompromisso foi assumido perante sindicalistas e lideranças de movimentos sociais

(Foto: Divulgação)

O senador Pedro Chaves (PSC\MS) vai assinar segunda-feira (20), em Brasília, o requerimento encabeçado pelo senador Paulo Paim (PT\RS) para que seja criada uma Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar as contas da Previdência. O compromisso foi assumido nesta sexta-feira (17) com um grupo de sindicalistas e lideranças de movimentos sociais que compareceu ao gabinete de Chaves em Campo Grande, para discutir a Reforma da Previdência .

“Concordo que, a exemplo do que está acontecendo praticamente em todo o mundo, o Brasil precisa repensar seu modelo previdenciário, até para garantir que as atuais e futuras gerações consigam se aposentar com proventos dignos, que lhes garantam boa qualidade de vida. Mas não se pode votar uma reforma tão importante, que mexe com praticamente toda a população, sem termos um quadro real da situação da Previdência. A CPI ajuda nesse sentido”, explicou.

Para o senador, a PEC da Reforma da Previdência vai receber várias emendas, para preservar direitos adquiridos. “Do jeito que está, a PEC não passa no Senado”, garantiu Pedro Chaves. ” Sem dúvida alguma, os próximos meses serão de debate intenso no Congresso Nacional, com a participação não só dos parlamentares, mas de dirigentes sindicais e outras lideranças, até que cheguemos a uma proposta de consenso, que contemple os interesses dos trabalhadores e não comprometa as contas da Previdência”, defendeu.

Durante o encontro, Chaves telefonou ao senador Paim para manifestar seu interesse em assinar o requerimento e combinar o horário em que isso será feito em Brasília. Participaram da reunião com o senador os presidentes da FETEMS, Roberto Botarelli, e da ACP, Lucílio Nobre, dirigentes do Sinergia, MST, Força Sindical e da UGT. Também estavam presentes o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) e o presidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores, Antonio Carlos Biffi.

Veja Também
Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná
Juiz nega prisão domiciliar a Paulo Maluf
Vereadores exigem devolução do dinheiro
PSB quer vaga na chapa majoritária
Michel Temer afasta vice-presidentes da Caixa por 15 dias
Marun admite que faltam votos para a reforma da Previdência
Marum viaja o país para aprovar reforma
Juiz nega pedido de suplente para tomar vaga de Lucas de Lima
Prefeito encaminhará revogação à Câmara
Justiça aceita denúncia contra Puccinelli e outros 12
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento