Campo Grande •30 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Laureano Secundo | Terça, 7 de Fevereiro de 2017 - 12h14Paulo Siufi assume vaga de Marquinhos TradAto contou com a presença do ex-governador André Puccinelli e do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad

Deputado estadual Paulo Siuffi prestou duramento ao assumir a vaga na Assembleia Legislativa
Deputado estadual Paulo Siuffi prestou duramento ao assumir a vaga na Assembleia Legislativa (Foto: Luciano Muta)

Em concorrida ato, o ex-vereador segundo suplente de deputado estadual Paulo Siuffi (PMDB) assumiu a vaga  aberta na Assembleia Legislativa com a renúncia de Marquinhos Trad (PSD) que elegeu-se prefeito de Campo Grande e cuja primeira suplente, Délia Razuk (PR) também venceu a eleição para prefeitura de Dourados. O ex-governador André Puccinelli (PMDB) o ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB) dentre outros membros da Câmara e lideranças políticas ligadas ao PMDB se fizeram presentes  ao plenário da Assembleia.

“Vou trazer para a Assembleia todos os projetos que apresentei como vereador e as minhas bandeiras luta durante a minha atuação com vereador”. Esta foi a afirmação do agora deputados  estadual  Paulo Siuffi. Assegurando no entanto que ainda vai estudar se deverá ou não apresentar proposta polêmicas como o projeto escola sem política , que provocou muitas discussões e protestos na Câmara.

“Vou permanecer na bancada que dá sustentação ao Governo  do Estado pois essa é posição  do meu partido e recebi esta orientação do líder , Eduardo  Rocha e pretendo seguir esta orientação” ,afirmou Paulo Siuffi. Com relação as investigações do Ministério Público, apesar de que passa a ter foro privilegiado e por tanto só pode ser investigado pelo Tribunal de Justiça  ele disse que não teme nenhuma investigação quer que tudo seja esclarecido.

Veja Também
Eike Batista é solto e vai cumprir prisão domiciliar no Rio
Em depoimento a Moro, Cabral admite ter recebido caixa 2
Em São Gabriel, vereadores devolvem R$ 350 mil à prefeitura
Para Pedro Chaves, Lei do Abuso de Autoridade é inoportuna
CPI do Táxi da Capital já tem composição definida
Presidente do Senado está na UTI
MS pode ganhar data para celebrar Dia do Capelão
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 12h17Temer exonera três ministros para votar reforma trabalhista na Câmara Relatório da reforma trabalhista foi aprovado ontem (25)
'Governo está mais otimista com economia', diz Reinaldo
Aprovado projeto que prevê controle das despesas do Município
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento