Campo Grande •23 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Domingo, 30 de Outubro de 2016 - 16h01Mulher é detida por propaganda 'boca de urna' na CapitalAutora teria sido vista e filmada gritando nome de candidato à prefeitura perto de local de votação

Mulher flagrada fazendo boca de urna foi encaminhada para a sede da Polícia Federal onde assinou um termo circunstanciado
Mulher flagrada fazendo boca de urna foi encaminhada para a sede da Polícia Federal onde assinou um termo circunstanciado (Foto: Roberto Okamura)

Em situação considerada propaganda “boca de urna” o que é proibido pela legislação eleitoral, uma mulher de 55 anos foi detida na tarde deste domingo, 30 de outubro, nas proximidades da Escola Municipal Arlene Marques, no Jardim Canguru, em Campo Grande. A mulher, inclusive, teria sido filmada na prática proibida a favor de um dos candidatos que disputam a prefeitura neste segundo turno.

Ela estaria gritando em voz alta o nome da candidata Rose Modesto (PSDB). A mulher foi encaminhada para Superintendência da Polícia Federal (PF), na Vila Sobrinho. Na PF, a mulher assinou termo circunstanciado e foi liberada em seguida. Ela deverá comparecer diante de um juiz nos próximos dias.

Essa, por enquanto, foi a única ocorrência registrada pela Polícia Federal (PF) referente à crime eleitoral neste segundo turno, em Campo Grande.

Veja Também
MPE recomenda a prefeito que regularize prática de nepotismo
Maioria do STF confirma delações da JBS e Fachin relator
Juiz suspende verbas indenizatórias a vereadores da Capital
Bernal recorrerá da decisão do TCE sobre lâmpadas de LED
TCE mantém suspensa compra de lâmpadas de LED
Dois ministros votam contra revisão de delação pedida por Reinaldo
Governo e JBS têm 5 dias para entregar documentos
Quarta, 21 de Junho de 2017 - 10h30Henrique Alves e Eduardo Cunha são denunciados pelo MPF no Rio Grande do Norte Ex-parlamentares são acusados de receber pelo menos R$ 11,5 milhões em propinas de empreiteiras
Quarta, 21 de Junho de 2017 - 09h37Envolvido no caso Odebrecht, controlador-geral do Equador renuncia Anúncio sobre a saída de Pólit foi feito pelo presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), o governista José Serrano, no...
STF vota pedido de Reinaldo para afastar de Fachin
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento