Campo Grande •17 de Janeiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Agência Brasil | Quarta, 16 de Novembro de 2016 - 16h35Mulher de Cunha diz desconhecer origem de dinheiro na SuíçaCláudia era beneficiária de recursos não declarados por Cunha na Suíça

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Brasil)

A jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, disse hoje (16) em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro que não tinha conhecimento sobre a origem de R$ 1,5 milhão, dinheiro usado por ela para fazer compras no exterior. De acordo com os investigadores da Operação Lava Jato, Cláudia era beneficiária de recursos não declarados por Cunha na Suíça. Ela prestou depoimento na ação penal a que responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Na audiência, Cláudia Cruz se recusou a responder às perguntas do juiz e do representante do Ministério Público e somente falou ao ser questionada por seu próprio advogado. Ela disse que tinha apenas um cartão de crédito do banco Julius Bar e não sabia da existência de uma conta corrente vinculada ao cartão. Cláudia disse que nunca teve motivos para desconfiar do marido e que usava o cartão de crédito internacional para despesas pessoais, cuja fatura era paga pelo ex-deputado.

Questionada se Cunha teria condições de bancar os gastos, Cláudia disse que o marido sempre afirmou que a origem do dinheiro era lícita "Eu já conheci meu marido com ele me contando e eu sabendo que ele atuava em comércio exterior, que ele atuava em bolsa de valores, que ele tinha patrimônio no mercado imobiliário."

Em junho, Moro recebeu denúncia apresentada pela força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato contra Cláudia Cruz e outros investigados que viraram réus. A denúncia é vinculada à ação penal a que Cunha responde por não ter declarado contas no exterior, que também será julgada por Sérgio Moro.

Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 19 de outubro.

Veja Também
Pedro Chavez já tem convite de três partidos
Assomasul elege novo presidente
Depen deixou 12 líderes de massacre em presídio da Capital
Sexta, 13 de Janeiro de 2017 - 18h35Geddel, Cunha e outros investigados agiam para beneficiar empresas, diz MPF Informações foram extraídas de um aparelho celular apreendido em 2015
Secretario de Saúde reúne-se com coordenadores de unidades de Três Lagoas
Sexta, 13 de Janeiro de 2017 - 15h35Em meio à crise, secretário de Administração Penitenciária do AM deixa o cargo Novo secretário é o tenente-coronel da Polícia Militar, Cleitman Rabelo
PF deflagra operação para investigar esquema de fraude na Caixa
Reunião discute demissões na Omep e Seleta
Obama diz que conseguiu imprimir estilo correto na administração do país
Projeto de lei coloca presos para trabalhar e ressarcir o Estado
square noticias uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento