Campo Grande •25 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Sexta, 6 de Janeiro de 2017 - 11h42MS é o primeiro a dar sinais de recuperaçãoEm todo Brasil, apenas Mato Grosso do Sul e Roraima registraram saldo positivo na geração de empregos

Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), entre os 27 estados da federação somente Mato Grosso do Sul e Roraima registraram saldo positivo na geração de novos postos de trabalho, no acumulado de janeiro a novembro de 2016. A constatação é do Coordenador de Estudos e Pesquisas da Fundação do Trabalho de MS (Funtrab), Jorge Goya, que realizou estudo com base nos números referentes ao saldo positivo da geração de empregos, finanças públicas e arrecadação de tributos federais.

De acordo com Goya, o saldo de empregos se manteve positivo no período, mesmo frente ao cenário de recessão, o que é um indicador importante na retomada do crescimento. “Estivemos entre os três primeiros da federação. No mês de novembro, Mato Grosso do Sul se consagra em 1º lugar com um percentual relativo de crescimento de 1,30% que representa, em números absolutos, 6.726 novas vagas com carteira assinada. Esse é um dado muito importante, principalmente no momento em que todos os estados estão em busca de soluções para enfrentamento da recessão”, explicou o coordenador da Funtrab.

Nas finanças públicas, Goya reforça que MS se encontra entre os cinco estados que a duras penas vêm conseguindo manter as contas públicas em ordem. “Apesar da onda de quebradeira que assola o país, a gestão de governo no MS vem conseguindo passar por este momento negativo com eficiência. Outro importante indicador é a arrecadação dos tributos federais, que se manteve estável, na casa dos R$ 600 milhões por mês”, considerou Goya.

Veja Também
Ministro da Justiça defende redução do número de presos provisórios
Pedágio sem obras é inconcebível, diz governador sobre BR-163
Temer vai pedir a ministros empenho na aprovação de reformas
Marco Civil da Internet pode perder força com novas leis, dizem pesquisadores
Confiança na economia voltou, afirma Michel Temer
Batalhão da PM poderá ter nome de capitão morto em combate
CPI investigará maus tratos contra crianças e adolescentes
Governo do Estado promete discutir incorporação de abono
Aumento de gastos só se arrecadação crescer, diz Reinaldo
Delação premiada de Delcídio pode ser anulada
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento