Menu
16 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Política

MPF ratifica denúncia contra ex-deputados no caso da “farra das passagens"

Foram 28 ações penais retificadas contra 72 ex-deputados federais

9 Ago2017Agência Brasil18h41

A Procuradoria da República no Distrito Federal ratificou 28 ações penais contra 72 ex-deputados federais acusados de peculato pelo suposto uso verbas da Câmara dos Deputados, destinada à cota de passagens aéreas, para interesses particulares, como o transporte de parentes e centenas de viagens de turismo no Brasil e no exterior.

Em novembro do ano passado, a procuradoria apresentou 52 denúncias com 443 ex-deputados, mas ao analisar o caso novamente, percebeu que houve prescrição da pretensão punitiva, além do desmembramento das investigações policias sobre o caso. As investigações continuam contra 52 ex-parlamentares.

As denúncias, encaminhadas à Justiça, dizem respeito a bilhetes emitidos entre 2007 e 2009, quando foi revelado pelo site Congresso em Foco a utilização indevida da verba para passagens aéreas por parlamentares no escândalo que ficou conhecido como “farra das passagens”.

Veja Também

Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho
STF dá mais 30 dias para conclusão de investigação sobre Aécio
Juiz deverá consultar pais e MP antes de definir guarda de filhos
Deputado pede ao governo cronograma dos recursos da Cesp
Câmara define Comissão Representativa para o recesso parlamentar
Servidores pedem retirada de projeto sobre Previdência Complementar
Política MDB confirma convenção para o dia 4 de agosto Evento deve servir para confirmar chapa de candidatos majoritários e proporcionais
Justiça absolve Delcídio, Lula e mais cinco
TRE-MS quer evitar 'enxurrada' de cassações
Senado aprova projeto que cria Política Nacional sobre Doenças raras