Campo Grande •29 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | Terça, 13 de Setembro de 2016 - 18h15Marquinhos diz ser vítima de tentativa de extorsãoDeputado alega ter recebido doação espontânea de empresário que agora o acusa

Deputado estadual denunciou empresário à polícia em julho e diz ser vítima de armação de adversários
Deputado estadual denunciou empresário à polícia em julho e diz ser vítima de armação de adversários (Foto: Divulgação/Campanha Marquinhos Trad)

Momentos depois de o empresário Arnaldo Britto de Moura Júnior, dono da 4 Rodas, ter prestado depoimento à Polícia Federal (PF), o deputado estadual e candidato a prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) concedeu entrevista coletiva na qual se defendeu das acusações de fraudes e lavagem de dinheiro. Marquinhos alega que é vítima de tentativa de extorsão por parte do empresário, o que inclusive foi denunciado à Polícia Civil em julho deste ano.

O empresário disse à PF que a campanha de Marquinhos teria arrecadado cerca de R$ 200 mil envolvendo “laranjas” para simular doações. O dono da 4 Rodas afirma ter recebido, nas contas da empresa R$ 50 mil, e, posteriormente, repassado o valor por meio de cheque como doação para campanha de Marquinhos. Porém, como extrapolou o limite de doação previsto em lei, acabou multado em R$ 244 mil, valor que ele exige que seja pago por Marquinhos.

O candidato, contudo, afirma que a doação foi feita pelo empresário espontaneamente. Conforme Marquinhos, em 2014, a irmã de Arnaldo trabalhava em sua campanha eleitoral. Ela era responsável pelo pagamento de despesas como água, luz, aluguel, telefone e outras contas. Foi a própria funcionária quem pediu ao irmão que colaborasse com a campanha fazendo doação em dinheiro.

Arnaldo doou R$ 50 mil. Ocorre que no ano passado procurou a assessoria de Marquinhos para informar que havia sido multado pela Justiça Eleitoral. Ele exigia que Marquinhos pagasse a multa, do contrário ameaçava prejudicar o deputado junto à imprensa ou Justiça Eleitoral. Marquinhos denunciou a tentativa de extorsão à 3ª Delegacia de Polícia em 29 de julho de 2016.

Uma cópia do Boletim de Ocorrências foi distribuído à imprensa durante a coletiva concedida pelo deputado. Marquinhos afirma que a denúncia de Arnaldo está sendo orquestrada por adversários. Ele afirmou ainda que tudo o que recebeu em doações para a campanha em 2014 foi devidamente declarado à Justiça, pois não faz uso de caixa dois.

Veja Também
Com placar de 9 a 1, STF adia novamente decisão sobre delação da JBS
Temer indica Raquel Dodge para substituir Janot na chefia da PGR
CPI oficializa recebimento de TAREs e aprova termo de sigilo
Projeto de Picarelli amplia idade para ingresso na Polícia Civil
Fachin vai enviar denúncia contra Temer direito para Câmara dos Deputados
CPI recebe documentos da Sefaz e assina Termo de Confidencialidade
Denúncia é 'trama de novela', defende-se Temer
Michel Temer é denunciado por corrupção passiva
Michel Temer defende reformas e diz que 'não há plano B'
Declarações de Palocci sobre delação soaram mais como ameaça, diz Moro
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento