Campo Grande •23 de Maio de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | Terça, 13 de Setembro de 2016 - 18h15Marquinhos diz ser vítima de tentativa de extorsãoDeputado alega ter recebido doação espontânea de empresário que agora o acusa

Deputado estadual denunciou empresário à polícia em julho e diz ser vítima de armação de adversários
Deputado estadual denunciou empresário à polícia em julho e diz ser vítima de armação de adversários (Foto: Divulgação/Campanha Marquinhos Trad)

Momentos depois de o empresário Arnaldo Britto de Moura Júnior, dono da 4 Rodas, ter prestado depoimento à Polícia Federal (PF), o deputado estadual e candidato a prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) concedeu entrevista coletiva na qual se defendeu das acusações de fraudes e lavagem de dinheiro. Marquinhos alega que é vítima de tentativa de extorsão por parte do empresário, o que inclusive foi denunciado à Polícia Civil em julho deste ano.

O empresário disse à PF que a campanha de Marquinhos teria arrecadado cerca de R$ 200 mil envolvendo “laranjas” para simular doações. O dono da 4 Rodas afirma ter recebido, nas contas da empresa R$ 50 mil, e, posteriormente, repassado o valor por meio de cheque como doação para campanha de Marquinhos. Porém, como extrapolou o limite de doação previsto em lei, acabou multado em R$ 244 mil, valor que ele exige que seja pago por Marquinhos.

O candidato, contudo, afirma que a doação foi feita pelo empresário espontaneamente. Conforme Marquinhos, em 2014, a irmã de Arnaldo trabalhava em sua campanha eleitoral. Ela era responsável pelo pagamento de despesas como água, luz, aluguel, telefone e outras contas. Foi a própria funcionária quem pediu ao irmão que colaborasse com a campanha fazendo doação em dinheiro.

Arnaldo doou R$ 50 mil. Ocorre que no ano passado procurou a assessoria de Marquinhos para informar que havia sido multado pela Justiça Eleitoral. Ele exigia que Marquinhos pagasse a multa, do contrário ameaçava prejudicar o deputado junto à imprensa ou Justiça Eleitoral. Marquinhos denunciou a tentativa de extorsão à 3ª Delegacia de Polícia em 29 de julho de 2016.

Uma cópia do Boletim de Ocorrências foi distribuído à imprensa durante a coletiva concedida pelo deputado. Marquinhos afirma que a denúncia de Arnaldo está sendo orquestrada por adversários. Ele afirmou ainda que tudo o que recebeu em doações para a campanha em 2014 foi devidamente declarado à Justiça, pois não faz uso de caixa dois.

Veja Também
Lula é denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro
Delcídio diz que foi interrogado pelo Departamento de Justiça dos EUA
Governador suspeita de vingança do JBS em delação
OAB pede acesso às delações sobre políticos de MS
Servidores pedem apuração sobre verba do MSPrev
Crise pode atrasar reforma da Previdência, diz Meirelles
Cintra diz que nota fiscal citada em delação é verdadeira
Guias e notas emitidas pela JBS comprovam relação comercial legal, diz secretário
Vereador pede investigação sobre denuncias da JBS em MS
Temer reúne ministros e base aliada e pede que Congresso trabalhe normalmente
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento