Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Dayene Paz | Segunda, 31 de Outubro de 2016 - 13h00Marquinhos cria novas secretarias e põe vice no 1° escalãoPrefeito eleito afirmou que visita na prefeitura seria para conversar com Bernal, saber situação financeira e delimitar nomes para equipe de transição

  
Marquinhos esteve com prefeito esta manhã (Foto: Luciano Muta)
  • Marquinhos esteve com prefeito esta manhã
  • Luciano Muta
  • Luciano Muta

Marquinhos Trad (PSD), eleito prefeito de Campo Grande com 58,77% dos votos válidos, esteve cedo no Paço Municipal para conversar com o atual prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Antes, conversou com a imprensa, onde afirmou que em sua gestão, terá duas novas secretarias. “Uma secretaria para as pessoas com deficiência. Campo Grande não se desenvolveu nessa área e os diretos deles vão muito além. Outra é para assuntos fundiários, já que a Capital voltou a ter diversas favelas, queremos mudar isso”, revelou Marquinhos.

O prefeito eleito afirmou que a visita na prefeitura seria para conversar com Bernal, saber a situação econômica financeira e delimitar os nomes para a equipe de transição. “Para que a gente tenha uma análise de cargos em comissão, contas a pagar, contas em atraso, licitações, seria mais ou menos um raio x da atual situação”, disse. 

Os nomes serão divulgados amanhã (1º), um deles é Adriani Lopes, mas Marquinhos não deu mais detalhes.

Sobre as primeiras medidas como prefeito, Marquinhos revelou que se preocupará com a recuperação das ruas. “Também se preocupar com remédios nos postos de saúde, das merendas, kit material escolar, término dos Ceinfs, colocação imediata de médicos e devolução da auto estima do servidor.

Marquinhos finalizou dizendo sobre o aumento de impostos. “Não aumento impostos, sou totalmente contrário, o povo já paga muito caro, também sou cidadão e também não suporto mais pagar imposto”, concluiu.

Após a reunião com Bernal, Marquinhos seguiu para governadoria, aonde esteve reunido com Reinaldo Azambuja. 

“Eu já assumi um compromisso de colocar à disposição para Marquinhos todas as informações, já formulamos a ele a solicitação para que apresente a comissão de transição”, disse Bernal. “Documentos que retratam a realidade econômica, financeira, projetos, tudo será disponibilizado à ele”.

“Encontramos a prefeitura sem dinheiro, sem pagar salários, fornecedores, recuperamos, tiramos Campo Grande do fundo do poço, normalizamos a situação financeira e recuperamos os convênios. Vou entregar a prefeitura preparada aquisição dos uniformes escolares, kits escolares, não haverá pegadinha com aumento do salário dos servidores”, afirma. “O compromisso é de que ele não coloque na gestão pessoas envolvidas em escândalos e investigações da polícia”, termina Alcides Bernal.

Veja Também
Temer troca comando do Ministério da Justiça e nomeia Torquato Jardim
Membros da comissão indicados na terça-feira
Em audiências prefeitura prestará contas
Moro absolve esposa de Eduardo Cunha por falta de provas
Vereadores vão recorrer contra decisão do TJ sobre Cosip
Decreto municipal reduz gastos com servidores
População pagará R$ 40 milhões por medida errada, diz vereador sobre Cosip
Convocação obrigatória do MPE aos pais gera repúdio
Saiba quem são os políticos de MS financiados pela JBS
Para TCE, incentivos dados ao JBS são regulares
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento