Menu
12 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Poder Judiciário

Lula deixa carceragem da PF em Curitiba

Ex-presidente estava preso desde 7 de abril de 2018 pela condenação no caso do triplex do Guarujá

8 Nov2019Agência Brasil17h15

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou  a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba após a decisão da Justiça Federal que autorizou sua soltura. Lula estava preso desde 7 de abril do ano passado pela condenação no caso do triplex do Guarujá (SP), um dos processos da Operação Lava Jato. 

Lula deixou a sede da PF pela porta da frente, acompanhado por parlamentares do PT e seus advogados. Ele caminhou em direção aos apoiadores que o esperavam em um palco, onde fez um pronunciamento aos militantes. 

A liberdade do ex-presidente foi proferida pelo juiz Danilo Pereira Júnior, após a defesa de Lula pedir a libertação do ex-presidente com base na decisão proferida ontem (7) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância. 

Veja Também

Evo Morales renuncia ao cargo de presidente da Bolívia
Agenda Saúde e agropecuária são temas de audiência Eventos devem discutir realidade do setor rual a situação do combate a Dengue, Zika e Chikugunia
Mesmo livre, Lula não pode se candidatar à sucessão presidencial
Justiça manda soltar ex-ministro José Dirceu
'Depois que eu fui preso, o Brasil piorou', afirma Lula após ser solto
Após 580 dias preso, Lula pode ser solto
CPI da Energisa deve ser instalada na próxima semana
Texto que aponta esquerdismo no jornalismo causa polêmica no CCS
Proposta vincula débitos de água e luz ao titular dos contratos
CPI da Energisa tem 17 assinaturas