Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Nacional

Justiça manda soltar ex-ministro José Dirceu

José Dirceu estava preso desde maio deste ano para cumprir pena de oito anos e dez meses de prisão

8 Nov2019Agência Brasil20h00

A Justiça do Paraná determinou hoje (8) a soltura do ex-ministro José Dirceu, que estava preso desde maio deste ano para cumprir pena de oito anos e dez meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato.

A soltura foi determinada com base na decisão proferida nesta quinta-feira (7) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância.

A prisão havia sido determinada pelo juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba. A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, negar recurso da defesa de Dirceu e determinar o cumprimento da pena com base no entendimento antigo do STF, que autorizava a prisão ao fim dos recursos em segunda instância, mas que foi derrubado ontem. 

Esta é a segunda condenação de Dirceu no âmbito da Lava Jato. A primeira foi proferida pelo então juiz federal Sergio Moro, em março de 2017, quando o ex-ministro da Casa Civil foi considerado culpado por ter recebido R$ 2,1 milhões em propina proveniente de contratos na Petrobras, entre 2009 e 2012. No entanto, o cumprimento da sentença também foi suspenso por uma decisão do Supremo.

A decisão tomada pela Corte também beneficiou nesta sexta-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo. Ambos foram presos após a confirmação das condenações em segunda instância e libertados hoje. 

Veja Também

PSDB desmente boato sobre expulsão de Rose do partido
Homem é encontrado morto em kitinete
Guto Scarpanti é pré-candidato do NOVO na disputa pela prefeitura da Capital
Simone defende sistema mais justo
Obras do Córrego Anhanduí devem ser concluídas com recurso federal
Bolsonaro diz que preço do combustível deve estabilizar
Proposta proíbe consulta médica grátis e doação de remédio em campanha eleitoral
Senador quer visitar área de conflito com índios e levar relatório para Bolsonaro
Azambuja está entre os governadores que mais cumprem promessas
Prefeito adianta que vai negar novo aumento na tarifa de ônibus