Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Lama Asfáltica

Justiça aceita denúncia contra Puccinelli e outros 12

Também se tornaram reús o ex-secretário Edson Giroto e o empresário João Amorim

13 Jan2018Da redação17h15

A 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande aceitou denúncia contra o ex-governador André Puccinelli (PMDB) e outras 12 pessoas acusadas de crimes de estelionato e contra o patrimônio público, em atos investigados na Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal. Assim que forem notificados, os réus terão 10 dias para apresentar suas alegações.

Conforme a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Puccinelli e os demais acusados participaram de esquema de fraudes em licitações que eram direcionadas a empresas que posteriormente distribuiriam propinas ao grupo.

As irregularidades foram constatadas nas obras de pavimentação das rodovias MS-430 e MS-040, além no da construção do Aquário do Pantanal, em Campo Grande.

Além de Puccinelli, a Justiça também aceitou denúncia contra o ex-secretário de Obras do Estado e ex-deputado federal, Edson Giroto, o empreiteiro João Alberto Amorim  Krampe, a secretária dele Elza Cristina Araujo dos Santos e os ex-servidores públicos Maria Wilma Casanova Rosa, Helio Yudi Komiyama, Edmir Fonseca Rodrigues, Luiz Candido Escobar, Fausto Carneiro da Costa FIlho, Wilson Roberto Mariano de OIiveira, Maria Regina Bertagnolli de Gonçalves e Romulo Tadeu Menossi.

Veja Também