Campo Grande •20 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Governo - Refis

Da Agência Brasil | Sexta, 15 de Setembro de 2017 - 09h52Joesley Batista deixa a PF em Brasília e é conduzido a São PauloBatista deve voltar ainda hoje para o Distrito Federal

(Foto: Divulgação)

O empresário Joesley Batista, da JBS, deixou a Superintendência da Polícia Federal em Brasília e está a caminho de São Paulo, onde deverá prestar um depoimento. A informação foi passada pela Polícia Federal (PF), que acrescentou que ele deve retornar ainda hoje à capital federal.

Os policiais, no entanto, não souberam informar se o motivo do deslocamento seria uma oitiva na superintendência da capital paulista ou uma audiência de custódia, que seria feita na Justiça Federal.

O executivo do grupo J&F Ricardo Saud foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda. Como o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, transformou a prisão temporária de Joesley e Saud em preventiva, o mais provável, segundo a PF, é que o empresário participe de uma audiência de custódia.

Joesley deixou a superintendência em Brasília por volta das 8 horas da manhã de hoje (15). Ontem, ele e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud ficaram calados durante interrogatório na PF. Os dois foram ouvidos em investigação instaurada por determinação da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, para apurar o episódio envolvendo o conteúdo de conversa gravada entre os dois em que mencionam ministros da Corte.

O advogado de Joesley e Saud, Antonio Carlos Castro Machado, o Kakay, disse à Agência Brasil que orientou os dois a ficarem calados em razão da possibilidade de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, rescindir o acordo de delação premiada firmado com o empresário, o que acabou se confirmando depois.

Janot rescindiu o acordo de delação premiada que dava imunidade para os dois em troca de informações e incluiu Joesley e Saud na denúncia apresentada no final da tarde contra o presidente Michel Temer pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

Veja Também
Segóvia defende prerrogativa da PF de fechar delações premiadas
Deputado de MS é cotado para ministro de Temer
Lama Asfáltica terá foco especial, diz chefe da PF
Inscrição de assentamentos no cadastro rural está na pauta da CRA
Projeto de lei restringe saída temporária de presidiários
Estabelecimentos deverão divulgar juros de vendas a prazo e no crédito
Governo elabora projeto que cria Fundo de Combate à Corrupção
Assembleia entrega Zumbi dos Palmares na segunda-feira
Assembleia ignora protestos e vota pela libertação de deputados presos
MPF quer bloqueio de R$ 24 milhões em bens de Lula e seu filho
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento