Campo Grande •23 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do Estado - Campanha Mudança - Educação

Da Agência Brasil | Sexta, 15 de Setembro de 2017 - 09h52Joesley Batista deixa a PF em Brasília e é conduzido a São PauloBatista deve voltar ainda hoje para o Distrito Federal

(Foto: Divulgação)

O empresário Joesley Batista, da JBS, deixou a Superintendência da Polícia Federal em Brasília e está a caminho de São Paulo, onde deverá prestar um depoimento. A informação foi passada pela Polícia Federal (PF), que acrescentou que ele deve retornar ainda hoje à capital federal.

Os policiais, no entanto, não souberam informar se o motivo do deslocamento seria uma oitiva na superintendência da capital paulista ou uma audiência de custódia, que seria feita na Justiça Federal.

O executivo do grupo J&F Ricardo Saud foi transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda. Como o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, transformou a prisão temporária de Joesley e Saud em preventiva, o mais provável, segundo a PF, é que o empresário participe de uma audiência de custódia.

Joesley deixou a superintendência em Brasília por volta das 8 horas da manhã de hoje (15). Ontem, ele e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud ficaram calados durante interrogatório na PF. Os dois foram ouvidos em investigação instaurada por determinação da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, para apurar o episódio envolvendo o conteúdo de conversa gravada entre os dois em que mencionam ministros da Corte.

O advogado de Joesley e Saud, Antonio Carlos Castro Machado, o Kakay, disse à Agência Brasil que orientou os dois a ficarem calados em razão da possibilidade de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, rescindir o acordo de delação premiada firmado com o empresário, o que acabou se confirmando depois.

Janot rescindiu o acordo de delação premiada que dava imunidade para os dois em troca de informações e incluiu Joesley e Saud na denúncia apresentada no final da tarde contra o presidente Michel Temer pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

Veja Também
Posse de Cristiane Brasil é suspensa
Planalto marca para amanhã posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 11h13DEM pode lançar Mandetta a governador Deputado federal já articula para vibilizar candidatura ao Governo
Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná
Juiz nega prisão domiciliar a Paulo Maluf
Vereadores exigem devolução do dinheiro
PSB quer vaga na chapa majoritária
Michel Temer afasta vice-presidentes da Caixa por 15 dias
Marun admite que faltam votos para a reforma da Previdência
Marum viaja o país para aprovar reforma
Square notícia uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento