Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Investigação

IMPCG tem 10 dias para entregar contabilidade à Câmara

Relatórios tributários do órgão serão confrontados com os dados apresentados pela antiga gestão

11 Jan2017Da redação13h31

A Comissão Especial para Acompanhamento e Reestruturação do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) definiu, nesta quarta-feira (11), um conjunto de informações que serão solicitadas junto ao órgão. Esta foi a segunda reunião do colegiado, que foi instaurado na Câmara Municipal para apurar irregularidades no instituto, responsável pela gestão da previdência do funcionalismo público municipal.

Segundo o vereador Enfermeiro Fritz, a Comissão solicitará por ofício e dará prazo de 10 dias para o instituto apresentar cópias dos livros Diário e Razão, que contém os relatórios tributários do órgão e que serão confrontados com os dados apresentados pela antiga gestão. “Queremos saber o que a prefeitura repassa ao plano e o que o IMPCG destina ao funcionalismo”, explicou o parlamentar.

A Comissão ainda quer cópias do relatório orçamentário bimestral feito pela Prefeitura e a LOA (Lei Orçamentária Anual), que atribui ao Executivo a responsabilidade pelo aporte financeiro ao IMPCG.

O colegiado é composto pelos vereadores Enfermeiro Fritz (presidente), Enfermeira Cida Amaral (relatora), Pastor Jeremias Flores, William Maksoud, Chico Veterinário e Dr. Livio.

Ainda de acordo com o presidente da Comissão, “a Prefeitura está fazendo um diagnóstico completo da situação do IMPCG”. “É necessário para termos encaminhamentos mais sólidos sobre as irregularidades e estarmos conduzindo os trabalhos da Comissão”, disse.

Veja Também

Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política
Simone elogia retomada das obras de fábrica de fertilizantes em MS
Educação Ações podem acabar com cursos EaD na área da saúde em MS Medidas foram decididas em audiência pública da assembleia
Eleições 2018 Eleição sem dinheiro de empresários Pela 1ª vez, campanha eleitoral não terá financiamento de empresas
PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer e ministros
Senadora de MS sugere Comissão sobre Segurança Pública