Campo Grande •23 de Maio de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quarta, 11 de Janeiro de 2017 - 13h31IMPCG tem 10 dias para entregar contabilidade à CâmaraRelatórios tributários do órgão serão confrontados com os dados apresentados pela antiga gestão

(Foto: Marco Miatelo)

A Comissão Especial para Acompanhamento e Reestruturação do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) definiu, nesta quarta-feira (11), um conjunto de informações que serão solicitadas junto ao órgão. Esta foi a segunda reunião do colegiado, que foi instaurado na Câmara Municipal para apurar irregularidades no instituto, responsável pela gestão da previdência do funcionalismo público municipal.

Segundo o vereador Enfermeiro Fritz, a Comissão solicitará por ofício e dará prazo de 10 dias para o instituto apresentar cópias dos livros Diário e Razão, que contém os relatórios tributários do órgão e que serão confrontados com os dados apresentados pela antiga gestão. “Queremos saber o que a prefeitura repassa ao plano e o que o IMPCG destina ao funcionalismo”, explicou o parlamentar.

A Comissão ainda quer cópias do relatório orçamentário bimestral feito pela Prefeitura e a LOA (Lei Orçamentária Anual), que atribui ao Executivo a responsabilidade pelo aporte financeiro ao IMPCG.

O colegiado é composto pelos vereadores Enfermeiro Fritz (presidente), Enfermeira Cida Amaral (relatora), Pastor Jeremias Flores, William Maksoud, Chico Veterinário e Dr. Livio.

Ainda de acordo com o presidente da Comissão, “a Prefeitura está fazendo um diagnóstico completo da situação do IMPCG”. “É necessário para termos encaminhamentos mais sólidos sobre as irregularidades e estarmos conduzindo os trabalhos da Comissão”, disse.

Veja Também
Lula é denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro
Delcídio diz que foi interrogado pelo Departamento de Justiça dos EUA
Governador suspeita de vingança do JBS em delação
OAB pede acesso às delações sobre políticos de MS
Servidores pedem apuração sobre verba do MSPrev
Crise pode atrasar reforma da Previdência, diz Meirelles
Cintra diz que nota fiscal citada em delação é verdadeira
Guias e notas emitidas pela JBS comprovam relação comercial legal, diz secretário
Vereador pede investigação sobre denuncias da JBS em MS
Temer reúne ministros e base aliada e pede que Congresso trabalhe normalmente
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento