Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quarta, 19 de Abril de 2017 - 17h00Helicóptero com polícia armada já está de prontidãoAeronave terá equipe preparada para auxiliar as viaturas de patrulhamento

  
(Foto: João Garrigó/Sejusp)
  • (Foto: João Garrigó/Sejusp)
  • (Foto: João Garrigó/Sejusp)

O helicóptero modelo HS350 B3e Prefixo PT-GMS, que é considerada uma aeronave de alto desempenho e foi preparada e equipada para a atividade policial, está pronta para reforçar a segurança de Campo Grande. O lançamento oficial do programa de policiamento ostensivo e preventivo aéreo, que faz parte do programa de investimentos MS Mais Seguro, foi feito nesta quarta-feira, pelo governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, e o comandante-geral da Policia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta.

De acordo com o secretário José Carlos Barbosa, o helicóptero é uma força auxiliar que eleva a segurança pública de Mato Grosso do Sul a um novo patamar de qualidade. Neste primeiro momento ele será utilizado para intensificar policiamento da Capital. “A aeronave ficará permanentemente com uma equipe preparada para que seja acionada a qualquer momento de necessidade e assim auxiliar as viaturas de patrulhamento. O helicóptero também será utilizado no interior do Estado pelas nossas forças de segurança, seja da Polícia Militar, Civil e dos Bombeiros”, reforçou o secretário.

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta, as operações com o helicóptero não serão apenas específicas e pontuais. “As nossas ações serão desenvolvidas conforme os índices criminais de cada região da Capital, para aumentar a sessão de segurança da nossa população. Além das operações, voos preventivos poderão ser realizados sobre a cidade nos horários de pico”, disse o comandante-geral.

O tenente-coronel Rosalino Gimenez, piloto da aeronave, explicou que nesse tipo de policiamento o helicóptero, além da prevenção, proporciona um amplo campo de visão ao policial permitindo que se consiga observar pessoas, veículos e movimentações suspeitas de forma detalhada em uma área considerável, o que o coloca em vantagem operacional.

“A presença do helicóptero nos locais de ocorrências gera nos policiais melhor respaldo para executar as atividades operacionais, pois em comunicação com a aeronave o operador tem informações privilegiadas, já que o helicóptero é considerado uma excelente plataforma de observação, com raio de visão de 360º numa distância de aproximada de 10 quilômetros”, detalhou o tenente-coronel.

A aeronave que será utilizada no policiamento ostensivo e preventivo aéreo será chamada de Harpia 01, fazendo uma referência a mais poderosa ave de rapina do Brasil, com porte e força inigualáveis. Atualmente, a espécie é encontrada principalmente na Floresta Amazônica. Nas outras regiões está bastante ameaçada, devido à caça predatória e a perda de seu habitat.

Veja Também
Em São Gabriel, vereadores devolvem R$ 350 mil à prefeitura
Para Pedro Chaves, Lei do Abuso de Autoridade é inoportuna
CPI do Táxi da Capital já tem composição definida
Presidente do Senado está na UTI
MS pode ganhar data para celebrar Dia do Capelão
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 12h17Temer exonera três ministros para votar reforma trabalhista na Câmara Relatório da reforma trabalhista foi aprovado ontem (25)
'Governo está mais otimista com economia', diz Reinaldo
Aprovado projeto que prevê controle das despesas do Município
STF revoga prisão domiciliar e Bumlai fica em liberdade
Ministro da Justiça defende redução do número de presos provisórios
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento