Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Lava Jato

Esposa de Cunha prestará depoimento a Moro em novembro

Ela é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao deputado na Suíça

18 Out2016Agência Brasil18h00

O juiz federal Sérgio Moro marcou para dia 16 de novembro o interrogatório de Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cláudia será interrogada na ação penal em que responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ela é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao deputado na Suíça.

Em junho, Moro recebeu denúncia apresentada pela força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato contra Cláudia Cruz e outros investigados que viraram réus. A denúncia é vinculada à ação penal a que Cunha responde por não ter declarado contas no exterior.

Na semana passada, Moro decidiu dar prosseguimento à ação. Eduardo Cunha virou réu quando a ação ainda estava no Supremo Tribunal Federal. Com a perda do mandato, Cunha deixou de ter foro privilegiado e o processo foi enviado à Justiça Federal em Curitiba. O ex-deputado também responde pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Veja Também

Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política
Simone elogia retomada das obras de fábrica de fertilizantes em MS
Educação Ações podem acabar com cursos EaD na área da saúde em MS Medidas foram decididas em audiência pública da assembleia
Eleições 2018 Eleição sem dinheiro de empresários Pela 1ª vez, campanha eleitoral não terá financiamento de empresas
PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer e ministros
Senadora de MS sugere Comissão sobre Segurança Pública