Campo Grande •20 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da Agência Brasil | Terça, 27 de Setembro de 2016 - 09h00Eleitores não podem ser presos a partir de hojeRegra vale até 48 horas após o encerramento do pleito

A partir de hoje (27), eleitores não podem ser presos ou detidos, salvo em flagrante ou para cumprimento de sentença criminal. A regra está prevista no Código Eleitoral, que entrou em vigor em 1965 e serve para garantir a liberdade do voto. No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores vão às urnas para eleger vereadores e prefeitos. A regra vale até 48 horas após o encerramento do pleito.

Na prática, mandados de prisão não devem ser cumpridos pela Polícia Federal, principalmente na Operação Lava Jato, até a semana que vem, para evitar nulidades nos processos criminais. A regra foi inserida na legislação eleitoral em 1932, com o objetivo de anular a influência dos coronéis da época, que tentavam intimidar o eleitorado. Atualmente, juristas questionam a impossibilidade das prisões, mas a questão nunca foi levada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A proibição está no Artigo 236, do Código Eleitoral, e o texto diz: "Nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto."

Veja Também
Projeto cria comissão para acompanhar aplicação da Cosip
Manifestantes tumultuam e audiência é cancelada
Comissão presidida por Pedro Chaves aprova estímulo às licitações do pré-sal
Temer veio a MS agradecer propina, diz delator
Deputado critica portaria que dificulta fiscalização de trabalho escravo
CCJ aprova relatório pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer
Prefeitos querem R$ 4 bilhões adicionais no FPM até fim do ano
Senadores de MS ajudaram a salvar mandato de Aécio
Tereza Cristina é destituída da liderança do PSB
Por 44 a 26, Senado devolve mandato a Aécio Neves
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento