Menu
27 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Eleições 2016

Eleições têm 95 candidatos únicos, um em MS

Em Douradina, professor de 37 anos concorre sozinho à prefeitura da cidade

1 Out2016Da redação15h30

Em noventa e cinco municípios brasileiros, apenas uma pessoa concorre à prefeitura. Para serem eleitos precisarão apenas de um voto, que pode ser o dele mesmo. Em Mato Grosso do Sul, esta situação será vivida em Douradina.

O professor Jean Sergio Clavisso Fogaça, 37 anos, lidera a coligação “Juntos somos cada vez mais fortes”, formada por PEN, PT, PR, DEM, PSB e PSDB.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os 95 candidatos a únicos são de 14 partidos: PMDB, PP, PSDB, dez PSB, PDT, PSD, PV,  DEM, PR, PTB, PPS, PT, PRB e PEN.

Os municípios com candidatos únicos estão distribuídos em 12 estados, além de MS, também têm postulantes nesta situação Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Paraíba, Ceará, Piauí e Tocantins.

Dos 95 candidatos únicos, de acordo com a dados da Justiça Eleitoral, 86 são do sexo masculino e nove do sexo feminino. Oitenta e um são da cor branca e 14 declararam-se pardos.

Com 37.680 eleitores, o município paulistano de Jales é o que tem maior eleitorado entre as 95 cidades em que a  eleição para prefeito tem apenas um candidato. Já Engenho Novo (RS), com 1.200 eleitores, e Carlos Gomes (RS), com 1.411 eleitores, têm o menor número de votantes nesse caso.

(Com informações da Agência Brasil)

Veja Também