Menu
19 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Eleições 2018: Voto na Record

Dos 24 deputados estaduais, nove são estreantes

Capitão Contar foi o campeão da votação com 78.390 votos, ou 6,12%

7 Out2018Valdelice Bonifácio20h39

Dos 24 deputados estaduais eleitores neste domingo, apenas nove deles são estreantes na Assembleia Legislativa. O restante está no mandato ou retornando a ele depois de um período fora da Casa de Leis.

O campeão de votos da eleição e novato na política é Renan Barbosa Contar, o Capitão Contar. Ele foi eleito deputado estadual com 78.390 votos, 6,12% dos votos.

Além das surpresas, entre os novatos há nomes conhecidos da política, mas que nunca tiveram mandato na Assembleia, tais como Marçal Filho (PSDB) - 25.437 votos, ex-deputado federal e o radialista Lucas de Lima (SD) - 12.133 votos, atual vereador. Outros novatos são Jamilson Name (PDT), com 33.605 votos; Neno Razuk (PTB) - 19.472 votos; Gerson Claro (PP) - 16.374 votos; Antonio Vaz (PRB) - 16.224 votos; Evander Vendramini (PP) - 12.627 votos e João Henrique (PR) - 11.010 votos.

Está voltando à Assembleia, após um período afastado Londres Machado (PR) - 20.782 votos. A filha dele atual deputada estadual Grazielle Machado não disputou a reeleição.

Foram reeleitos: Coronel David (PSL) - 45.903 votos; Renato Câmara (MDB) - 32.291 votos; Onevan de Matos (PSDB) - 30.461 votos; Zé Teixeira (DEM) - 30.813 votos; Lídio Lopes (PATRI) - 27.877votos; Paulo Corrêa (PSDB) - 27.664 votos; Felipe Orro (PSDB) - 27.661  votos; Barbosinha (DEM) - 27.492  votos; Professor Rinaldo (PSDB) - 24.593 votos; Marcio Fernandes (MDB) - 23.296 votos; Eduardo Rocha (MDB) - 22.347 votos; Cabo Almi (PT) - 21.121 votos; Pedro Kemp (PT) - 20.969 votos; Herculano Borges - 17.731.

Onda Bolsonaro - Assim como Soraya Thronicke (PSL) eleita senadora, o Capitão Contar também fez campanha alinhada com Jair Bolsonaro (PSL), o que se mostrou uma estratégia acertada para ambos.

“Precisamos de moralidade. Serei ativo contra corrupção”, afirmou o novo deputado estadual durante entrevista no Tribunal Regional Eleitoral (TER-MS) nesta noite.

A posse dos novos eleitos será no dia 1º de janeiro de 2019.

Veja Também

Nova pesquisa consolida liderança de Reinaldo
MPE vai apurar suspeita de doações ilegais à campanha de Bolsonaro
Eleitores de Bolsonaro realizarão ato público no domingo
Moro nega influência nas eleições ao divulgar delação de Palocci
Senac da Capital oferece cursos na área de informática
Próximo governo terá receita de R$ 15 bi em 2019
Aluno escondia arma dentro da lancheira, diz escola
Temer afirma que seu governo tirou o Brasil da crise
Haddad diz que substituirá toda a equipe econômica caso vença
Bolsonaro diz ter firmado compromisso em defesa da família