Menu
18 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Segurança Pública

Detento morre um dia após chegar à Máxima

Daniel Franco, de 39 anos, era evadido do semiaberto de Dourados e morreu por enforcamento

9 Fev2019Valdelice Bonifácio15h39

O presidiário Daniel Franco, de 39 anos, foi encontrado morto dentro da cela 103, do pavilhão 3, na Penitenciária de Segurança Máxima, em Campo Grande, na manhã deste sábado, dia 9 de fevereiro. Ele estava pendurado em por uma corda presa ao pescoço, segundo relato do agente penitenciário que o encontrou sem vida.

Daniel Franco tinha recém-chegado à Máxima. Ele deu entrada na sexta-feira, após ter sido capturado por estar fugindo do regime semiaberto de Dourados. Ele cumpria pena por furtos. As condenações somavam 12 anos.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no local para os trabalhos periciais. O caso será investigado. A Agência de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) informou que também fará as devidas apurações.

Um boletim de ocorrências foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro da Capital como morte a esclarecer.

Veja Também

Moro: governo vai liderar projeto para mudar tradição da impunidade
Bolsonaro está na lista dos 100 mais influentes da revista Time
DOF prende homem com 95 kg de maconha e Skank
Moraes mantém inquérito para apurar fake news após PGR arquivar
Lei Maria da Penha poderá ser ensinadas nas escolas de MS
Projeto de Lei impede operadoras de cobrar multa contratual de desempregados
Deputado pede vagas em creches para filhos das vítimas de violência
Reforma da Previdência deve passar pela CCJ esta semana, diz Maia
'Vim provar minha inocência', diz  vereador após depor em Comissão
Vereadora volta a ser convocada e mais uma vez nega testemunhar