Menu
17 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Violência

Deputados se solidarizam com família de jornalista morto na fronteira

Moção de Pesar demonstra apoio à família do jornalista brasileiro Léo Veras

13 Fev2020Da redação19h19

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) apresentou Moção de Pesar, durante a sessão desta quinta-feira (13), como forma de demonstrar apoio à família do jornalista brasileiro Léo Veras, que foi assassinado na noite de ontem (12) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, a 342 km de Campo Grande.

O jornalista, dono de um site policial que produzia notícias da região da fronteira em português e espanhol, também trabalhava em rádio e era ativista ligado a movimentos sociais.

Para o deputado Coronel David (PSL), o profissional fazia um trabalho importante no combate ao crime organizado. “É uma perda para nós a morte deste profissional, que atuava denunciando a corrupção e o tráfico de drogas”, disse o deputado durante a sessão nesta manhã.

O deputado Pedro Kemp (PT) também lamentou a morte do jornalista. "Léo Veras atuava há 15 anos no combate ao narcotráfico e à narcopolítica. Exercia com coragem a sua profissão. Lamentamos e desejamos conforto aos familiares”, afirmou.

Cabo Almi (PT), por sua vez, também falou sobre Léo Veras. "Ponta Porã, um lugar tão bonito, e infelizmente esses crimes continuam acontecendo na fronteira. Que as pessoas deixem de perder a vida brutalmente assim, como o jornalista Léo Veras. Temos que respeitar a democracia e o direito de liberdade de expressão", disse o parlamentar.

(Fonte: Assembleia Legislativa de MS)

Veja Também

Vereador da Capital deixa PSDB e ingressa no Democratas
DOF prende uma tonelada de maconha
Atentado
Para Simone Tebet, morte de jornalista expõe falta de segurança na fronteira
36ª Zona Eleitoral da Capital altera locais de votação para as eleições
Prefeitura presta contas em audiência convocada pela Câmara
Gerson Claro é o novo líder do Governo
Deputados de MS tomam posse na diretoria executiva da Unale
Nelsinho assume presidência da delegação brasileira no Parlasul
CPI das Fake News vai ouvir representantes de empresas de telefonia