Campo Grande •29 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio | Quinta, 16 de Fevereiro de 2017 - 14h19Deputado reclama de superlotação nas escolas; secretaria negaSED afirma que salas de aula com mais de 40 alunos são exceções à regra

(Foto: Roberto Higa /Assembleia Legislativa)

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) denunciou uma suposta superlotação nas escolas estaduais de Mato Grosso do Sul durante discurso na tribuna da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, 16 de fevereiro. A Secretaria Estadual de Educação (SED) nega situação de superlotação e afirma que está cumprindo resolução estadual e realocando alunos onde houver necessidade.  

“Recebi informações de que têm salas de aula com 45 alunos. A intenção do governo é dispensar os professores convocados. Quem perde é o aluno, pois o fato ocasionará uma queda na qualidade do ensino. Além das demissões, outro ponto é a sobrecarga aos professores que ficaram na sala de aula”, disse o parlamentar.

SED – A Secretaria Estadual de Educação, por meio da assessoria de imprensa, não nega a existência de salas de aula com mais de 40 alunos em escolas estaduais de MS, mas assegura que tais situações seriam exceções à regra na rede estadual. As escolas cumprem resolução estadual publicada em 30 de janeiro de 2017 que determina que as salas de aula tenham o mínimo de 25 e o máximo de 40 alunos.

Conforme a SED, há no interior do Estado casos de salas de aula com 42 ou 43 alunos, isso porque não foi possível abrir uma nova turma devido à falta do número mínimo. Porém, a SED segue atuando para resolver os problemas que surgem sempre analisando caso a caso.

Recentemente, havia 54 alunos matriculados para uma turma em um estabelecimento no interior de MS. Após diálogo com a diretoria da escola, a SED determinou a abertura de duas turmas com 27 alunos cada. A secretaria informou ainda que está aberta para ouvir diretores e comunidade escolar que contactarem o órgão.

Veja Também
Em depoimento a Moro, Cabral admite ter recebido caixa 2
Em São Gabriel, vereadores devolvem R$ 350 mil à prefeitura
Para Pedro Chaves, Lei do Abuso de Autoridade é inoportuna
CPI do Táxi da Capital já tem composição definida
Presidente do Senado está na UTI
MS pode ganhar data para celebrar Dia do Capelão
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 12h17Temer exonera três ministros para votar reforma trabalhista na Câmara Relatório da reforma trabalhista foi aprovado ontem (25)
'Governo está mais otimista com economia', diz Reinaldo
Aprovado projeto que prevê controle das despesas do Município
STF revoga prisão domiciliar e Bumlai fica em liberdade
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento