Campo Grande •12 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner SEGOV - Governo Presente 3 DETRAN/DESAFINADOS

Da redação | Terça, 6 de Junho de 2017 - 14h35Comissão intermediará negociação sobre reajuste dos servidoresFuncionários públicos reclamam aumento salarial e incorporação de abono

(Foto: Victor Chileno/Assembleia Legislativa)

Uma comissão composta por deputados estaduais tentará intermediar as discussões entre os servidores públicos e o Governo do Estado relacionadas ao reajuste salarial anual. O governo já sinalizou que não terá condições de reajustar salários neste ano, posição que indignou o funcionalismo. Esta terça-feira, 6 de junho, foi um dia de protestos na Assembleia Legislativa. Servidores criticaram o chamado “reajuste zero” e a não incorporação do abono de R$ 200,00 ao salário - o benefício foi prorrogado até 31 de dezembro de 2018.

A abertura da comissão foi aprovada durante a ordem do dia e agora cabe aos líderes de bancada a indicação de cinco parlamentares para a formação do grupo, que também contará com cinco representantes dos servidores estaduais.

Líder do governo estadual na Assembleia, o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) informou que o Estado não tem como conceder reajuste ou reposição salarial neste momento, considerando que ainda sente os reflexos da crise econômica nacional.

“Tentamos de todas as formas, mas a informação que temos, dos técnicos do governo, é que não tem como conceder reajuste”, disse.

Segundo ele, dos 27 estados brasileiros, 20 não estão pagando os salários em dia. “Toda manifestação é democrática e sabemos que os servidores têm esse direito, mas estamos nos esforçando e também não podemos prometer o que não conseguiremos cumprir”, finalizou.

Veja Também
Número de votos a favor da reforma está crescendo, diz Marun
Domingo, 10 de Dezembro de 2017 - 10h48Temer viaja para Argentina com expectativa de concluir acordo com União Europeia Pontos mais sensíveis das negociações devem ficar de fora do acordo
Marun assumirá Secretaria de Governo
Reforma da Previdência deve ser votada no Senado em fevereiro, diz Temer
Imbassahy deixa Secretaria de Governo; Marun é cotado para o cargo
Sexta, 8 de Dezembro de 2017 - 10h36Câmara aprova aumento de pena para motorista alcoolizado que cometer homicídio Novas regras entrarão em vigor após 120 dias da publicação da futura lei
Petrobras recebe mais R$ 654 milhões da Lava Jato
MPF diz que PMDB do Rio abrigava organização criminosa
Procuradora sugere que corruptos paguem indenização
Reunião na prefeitura visa o fortalecimento da economia
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento