Campo Grande •26 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Terça, 6 de Junho de 2017 - 14h35Comissão intermediará negociação sobre reajuste dos servidoresFuncionários públicos reclamam aumento salarial e incorporação de abono

(Foto: Victor Chileno/Assembleia Legislativa)

Uma comissão composta por deputados estaduais tentará intermediar as discussões entre os servidores públicos e o Governo do Estado relacionadas ao reajuste salarial anual. O governo já sinalizou que não terá condições de reajustar salários neste ano, posição que indignou o funcionalismo. Esta terça-feira, 6 de junho, foi um dia de protestos na Assembleia Legislativa. Servidores criticaram o chamado “reajuste zero” e a não incorporação do abono de R$ 200,00 ao salário - o benefício foi prorrogado até 31 de dezembro de 2018.

A abertura da comissão foi aprovada durante a ordem do dia e agora cabe aos líderes de bancada a indicação de cinco parlamentares para a formação do grupo, que também contará com cinco representantes dos servidores estaduais.

Líder do governo estadual na Assembleia, o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) informou que o Estado não tem como conceder reajuste ou reposição salarial neste momento, considerando que ainda sente os reflexos da crise econômica nacional.

“Tentamos de todas as formas, mas a informação que temos, dos técnicos do governo, é que não tem como conceder reajuste”, disse.

Segundo ele, dos 27 estados brasileiros, 20 não estão pagando os salários em dia. “Toda manifestação é democrática e sabemos que os servidores têm esse direito, mas estamos nos esforçando e também não podemos prometer o que não conseguiremos cumprir”, finalizou.

Veja Também
Michel Temer é denunciado por corrupção passiva
Michel Temer defende reformas e diz que 'não há plano B'
Declarações de Palocci sobre delação soaram mais como ameaça, diz Moro
Palocci é condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro
Presidente da Assembleia se reúne hoje com aprovados em concurso
Pedro Chaves quer reabrir processo contra Aécio
Domingo, 25 de Junho de 2017 - 11h42Câmara pode mudar regularização de terras Regularização fundiária é um dos temas mais polêmicos no país
Ministro da Justiça nega troca no comando da Polícia Federal
Gestão Temer é 'ruim' ou 'péssima' para 69% dos brasileiros
Comprimidos em excesso encontrados na cela de Sérgio Cabral
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento