Menu
22 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Legislativo

Chapa única é eleita na Câmara com apenas um voto contrário

João Rocha e Carlão continuam na presidência e primeira secretaria, respectivamente

1 Jan2017Valdelice Bonifácio21h01
(Foto: Janaína Gaspar/Assessoria de Imprensa)
  • Chapa única foi eleita na noite deste domingo na Câmara Municipal; houve apenas um voto contrário
  • (Foto: Janaína Gaspar/Assessoria de Imprensa)
  • (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

Foi eleita na noite deste domingo, 1 de janeiro, a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campo Grande para os próximos dois anos. Em chapa única foram eleitos, João Rocha (PSDB) – presidente; Carlão (PSB) - 1º secretário; Gilmar da Cruz (PRB) - 2º secretário, Papy (SD) - 3º secretário; Cazuza (PP) - 1º vice-presidente; Eduardo Romero (Rede) - 2º vice-presidente; Ademir Santana (PDT) - 3º vice-presidente.

João Rocha e Carlão já ocupavam os mesmos cargos na Legislatura passada, mas pelo acordo, foram mantidos devido à experiência parlamentar. Os dois cargos são os mais importantes da Mesa.

Por apenas um voto contrário, a eleição da chapa única não foi unânime. Vinte e oito vereadores votaram a favor da chapa e apenas um contra, Vinicius Siqueira (DEM) que, segundo informações de bastidores, chegou a cogitar concorrer à presidência, mas não conquistou apoio.

“A gente aprende que é grande quando aprende a conviver com o contraditório. Quando você aprende a conviver com entendimentos diferentes. Os diferentes também nos ajudam a crescer. Daqui emanam as regras, normas que regem nossa cidade e vão de encontro ao que o cidadão espera de nós. Nós não falamos por nós: falamos por cada cidadão que foi a urna”, discursou João Rocha.

Liderança - Na sessão deste domingo, também foi confirmado o  vereador reeleito Chiquinho Telles (PSD) como líder do prefeito Marquinhos Trad (PSD) no Poder Legislativo. A escolha do líder é pessoal do prefeito.

A sessão plenária ainda prossegue na Câmara Municipal. Os vereadores devem votar nesta noite o projeto de reforma administrativa entregue pelo prefeito Marquinhos na semana passada.

Veja Também