Campo Grande •27 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Domingo, 25 de Setembro de 2016 - 09h00Campanha combate venda de votos em Mundo Novo“Voto Vendido, Futuro perdido” tomou as ruas do município

(Foto: Divulgação)

A Campanha “Voto Vendido, Futuro perdido”,   deflagrada pelo Ministério Público em Mundo Novo, através do Promotor de Justiça Moisés Casarotto, reuniu na manhã de sábado (24), servidores do próprio MP e membros das Polícias Militar e  Civil, além de Bombeiros Militar, que realizaram a abordagem a veículos e pedestres na região central do Município, para a distribuição de folhetos alertando quanto à está prática ilícita. Vários estabelecimentos comerciais também foram visitados pela equipe.

 “Se o candidato compra voto para se eleger, esta agindo de forma desonesta, já esta mostrando ter uma má índole, então esperamos que as pessoas se conscientizem e não vendam seu voto e ainda denuncie quem desrespeita a Lei. A tendência é que o candidato desonesto seja um político desonesto. E quem perde com isso é toda a população”, afirma o Promotor.

O Ministério Público Eleitoral, que é composto pelo MPF e MPE (Ministério Público do Estado), disponibiliza aplicativo de celular para facilitar relato de crimes eleitorais. Disponível para smartphones com sistemas iOS e Android, o aplicativo SAC MPF recebe documentos, fotos, áudios e vídeos.

Além do aplicativo, denúncias podem ser feitas presencialmente no Ministério Público (promotoria Eleitoral), na Avenida São Paulo, esquina com a Avenida Campo Grande, próximo a Escola Marechal Rondon em Mundo Novo, pelo fone (67) 3474 1000 ou virtualmente pelo endereço www.cidadao.mpf.mp.br.

Veja Também
Michel Temer é denunciado por corrupção passiva
Michel Temer defende reformas e diz que 'não há plano B'
Declarações de Palocci sobre delação soaram mais como ameaça, diz Moro
Palocci é condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro
Presidente da Assembleia se reúne hoje com aprovados em concurso
Pedro Chaves quer reabrir processo contra Aécio
Domingo, 25 de Junho de 2017 - 11h42Câmara pode mudar regularização de terras Regularização fundiária é um dos temas mais polêmicos no país
Ministro da Justiça nega troca no comando da Polícia Federal
Gestão Temer é 'ruim' ou 'péssima' para 69% dos brasileiros
Comprimidos em excesso encontrados na cela de Sérgio Cabral
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento