Menu
29 de maio de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Brasil

Bolsonaro nomeia secretário da Abin para a direção-geral da PF

Ato foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União

4 Mai2020Da redação14h31

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o delegado Rolando Alexandre de Souza para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF). O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União na manhã desta segunda-feira (4).

Souza ocupava a Secretaria de Planejamento e Gestão da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

A nomeação do delegado ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) suspender a nomeação e a posse de Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da PF. Na decisão, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, citou declarações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro que, ao deixar o cargo, acusou o presidente Bolsonaro de tentar interferir politicamente no órgão.

Após a decisão de Moraes, o próprio presidente tornou sem efeito a nomeação do delegado e manteve Ramagem como diretor-geral da Abin, cargo que ocupa desde o início do governo.

 

Veja Também

Ação contra fake news é para censurar mídias sociais, diz Bolsonaro
Projeto de Lei suspende restrição do CPF por dívidas de IPVA
Governo impõe quarentena remunerada a Mandetta
Proposta isenta comerciantes e motoristas de multas aplicadas na pandemia
Projeto suspende juros e multas aos mutuários da EMHA na pandemia
Festa da padroeira de Aquidauana entra para Calendário Oficial de MS
Assembleia prorroga medidas de prevenção à Covid-19
Projeto sugere punir quem divulgar fake news
Senador de MS lança campanha 'Compre Daqui' em redes sociais
Regina Duarte deixa Secretaria de Cultura