Menu
23 de janeiro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Segov - IPVA
Política

Bolsonaro elogia coordenador do Enem e critica doutrinação em escolas

Economista vai priorizar o ensino com enfoque na medição da formação acadêmica

5 Jan2019Da Agência Brasil17h25

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou neste sábado (5) que o novo responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o economista Murilo Resende Ferreira, vai priorizar o ensino com enfoque na medição da formação acadêmica.

Em publicação na sua conta oficial no Twitter, o presidente disse que é preciso ignorar a promoção da "lacração" e da "doutrinação" em sala de aula. O presidente também destacou a formação de Resende, que é doutor em economia pela Fundação Getulio Vargas (FGV). 

"Murilo Resende, o novo coordenador do Enem, é doutor em economia pela FGV, e seus estudos deixam claro a priorização do ensino ignorando a atual promoção da 'lacração', ou seja, enfoque na medição da formação acadêmica, e não somente o quanto ele foi doutrinado em salas de aula", tuitou.

Resende, de 36 anos, foi escolhido pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, como diretor de Avaliação da Educação Básica do Instituto de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que é o órgão responsável pelo Enem.

Veja Também

Eleição para comando da Assomasul tem chapa única
Reinaldo terá reuniões com quatro ministros de Bolsonaro
Projeto prevê uso do FGTS na compra de imóvel para pai ou filho
Em campanha, Maia pede votos em MS
Em Davos, Bolsonaro diz que vai buscar investimentos para Brasil
Simone confirma candidatura à presidência do Senado
Vereador investigado por corrupção é preso novamente
Ex-secretário de Fazenda de Dourados é considerado foragido
Presidente da Câmara Municipal renuncia ao cargo
Capitão Contar admite disputar prefeitura em 2020