Menu
16 de julho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Nacional

Bolsonaro caminha sem apoio e recebe alimentação sólida

Desde ontem, ele está ingerindo uma dieta sólida e leve, segundo a assessoria de imprensa da Presidência da República

12 Fev2019Agência Brasil19h19

O presidente Jair Bolsonaro caminhou 280 metros hoje (12) pelos corredores do Hospital Albert Einstein sem necessidade de apoio. Desde ontem, ele está ingerindo uma dieta sólida e leve, segundo a assessoria de imprensa da Presidência da República.

Na manhã de hoje, Bolsonaro se alimentou com torrada, fruta cozida e chá. No almoço, foram servidas sopa, massa à bolonhesa e, novamente, fruta cozida.

A nutrição parenteral (endovenosa) foi suspensa ontem, mas o suplemento nutricional, mantido. Com a melhora do quadro clínico, o presidente recebeu alta da Unidade de Terapia Semi-intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista. Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

O governador de São Paulo, João Doria, visitou o presidente, na tarde de segunda-feira, e disse que ele deve ter alta nesta semana. A assessoria de imprensa da Presidência informou que a alta está sendo avaliada pelos médicos.

Bolsonaro está internado no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, desde 27 de janeiro, quando se submeteu à cirurgia de reconstrução intestinal e retirada da bolsa de colostomia.

Veja Também

Mourão defende reforma política após a conclusão da Previdência
Brasil assume a presidência pró-tempore do Mercosul
Câmara reduz idade mínima de aposentadoria para professores
Mulheres terão aposentadoria integral cinco anos antes dos homens
Bolsonaro afirma pode indicar seu filho como embaixador
Governador entrega cobertores para os 79 municípios nesta quinta
Governo recorre de liminar que suspendeu jornada de 8h
Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência
Líder da maioria confirma acordo para aposentadoria de policiais
Bolsonaro diz que indicará evangélico para Supremo Tribunal Federal