Menu
24 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner TCE - Combate à corrupção
Poder Legislativo

Após deixar Sejusp, Barbosinha reassume vaga na Assembleia

Deputado está de volta à cadeira que estava sendo ocupada por Coronel David

21 Dez2017Da redação15h16

No seu retorno à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, após ocupar o cargo de secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul durante um ano e oito meses, o deputado José Carlos Barbosa (PSB) usou a tribuna na sessão ordinária nesta quinta-feira (21/12) para agradecer o apoio que recebeu durante o período em que permaneceu na Sejusp.

“O ano de 2017 foi de muitas dificuldades, mas também de muito trabalho e agradeço todos com quem trabalhei na Sejusp. Quero destacar que quem escolhe ser policial, é por vocação. E eles merecem nossa profunda admiração, porque eles colocam suas vidas em risco e em prol do próximo”, complementou Barbosinha.

Barbosinha parabenizou a atuação do ex-deputado estadual Coronel David (PSC), que ocupou a cadeira de parlamentar enquanto Barbosinha esteve à frente da Sejusp. “Eu quero também reforçar que fui muito bem representado pelo deputado Coronel David enquanto estive licenciado”, afirmou.

Balanço - José Carlos Barbosa falou das ações realizadas durante sua gestão como secretário. O Programa MS Seguro, que garantiu mais de R$ 115 milhões de investimentos foi uma delas. “A realização destes investimentos tem colocado Mato Grosso do Sul em destaque nacional, sendo considerado o 5º Estado mais seguro do país, de acordo com o ranking da competitividade dos estados de 2017”, destacou o deputado.

Ainda falou da nova frota que está com mais de 700 novos veículos, da aquisição de cerca de nove mil equipamentos de proteção pessoal que foram entregues para todo o efetivo do Estado e o videomonitoramento que foi implantado para reforçar o combate à criminalidade em vias públicas em oito municípios que fazem fronteira com o Paraguai e a Bolívia.

Outros projetos foram detalhados como: Mãos que Constroem e Escola Segura Família Forte, as duas mil novas tornozeleiras eletrônicas que começam ser implantadas nos presídios de todo o Estado, entre outras atividades que foram apresentadas no balanço.

Veja Também

Moro lamenta retorno do Coaf ao Ministério da Economia
Areia em lago do Parque das Nações lotará 21 mil caminhões
Candidata que recebeu R$ 761 mil e obteve 491 votos é investigada
Audiência debate reforma da Previdência na Câmara da Capital
Após reforma da Previdência governo quer avançar em privatizações
Projeto de Lei regulamenta a profissão de instrutor de trânsito
Vereador propõe que atletas usem milhas aéreas de políticos
Guedes prevê enxurrada de 'notícias boas' após reforma
Reduzir imposto para combater contrabando de cigarros é ilusão, diz Simone
Empresário tem que ter liberdade para demitir, diz senadora de MS