Menu
17 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Apoiadores de Bolsonaro saem às ruas da Capital

Manifestantes se reuniram em frente ao prédio do MPF e seguiram em passeata pela Avenida Afonso Pena

26 Mai2019Da redação19h19

Milhares de pessoas saíram às ruas de Campo Grande na tarde deste domingo, 26 de Maio, em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). No auge da participação popular,  30 mil pessoas teriam participado do ato, segundo organizadores. Houve manifestações em várias cidades brasileiras ao longo deste domingo. Em MS, apoiadores de Bolsonaro também saíram as ruas em Dourados, Três Lagoas, Jardim e Cassilândia.

Na Capital, os manifestantes se reuniram em frente ao Ministério Público Federal (MPF), na Avenida Afonso Pena. Às 14 horas, as pessoas começaram a chegar vestidas de verde e amarelo. Crianças, jovens e idosos fizeram parte da ação que terminou por volta das 18 horas com passeata até o Posto Tereré, nos altos da Afonso Pena.

A manistação defendeu a Reforma da Previdência (inteiro teor), a MP 870 (Redução do número de Ministérios e Conselho de Controle de Atividades Financeiras - Coaf), o pacote anticrime do ministro da Justiça, juiz Sérgio Moro, a CPI Lava Toga e um “Centrão a favor do Brasil”.

Os campo-grandenses protestaram com cartazes, faixas e bandeiras do Brasil. Marcaram presença os grupos 'QG Voluntários do Brasil', 'Pátria Livre','Fora Corruptos' e 'Brasil Verde Amarelo'.

Também estiveram presentes a senadora Soraya Thronicke (PSL), o deputado federal Luiz Ovando (PSL) , o deputado federal Loester Trutis (PSL), o deputado estadual Capitão Contar (PSL) e o deputado estadual João Henrique Catan (PR).

Soraya Thronicke reclamou da postura de alguns parlamentares. "Muitos já tinham fechado com o governo (sobre aprovação da reforma) e, de repente, começaram a se virar contra a gente, com chantagem, com jogo", declarou. Segundo ela, a população precisa ficar atenta e cobrar aqueles que foram eleitos com o mesmo próposito do presidente Bolsonaro.

Veja Também

Senado entra em semana decisiva para a reforma da Previdência
Plenário poderá votar ampliação do porte e posse de armas
Bolsonaro destaca ações do governo em outubro
Dia das Crianças: Projetos de lei em MS visam garantir direitos fundamentais
MS deve receber mais R$ 70 milhões da partilha dos leilões
Bancada federal de MS definirá na próxima semana as emendas para 2020
PEC  profunda, mas não profana, diz Simone Tebet sobre Previdência
Câmara aprova cobrança gradual de ISS de empresas de ônibus
8ª Zona Eleitoral altera locais de votação para Eleições 2020
Assembleia disciplina uso de cotas para deputados estaduais