Campo Grande • 08 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | quarta, 05 de outubro de 2016 - 14h49Chamado de fantasma, Marquinhos estuda propor CPI das constrataçõesParlamentar estuda propor CPI para apurar eventuais irregularidades

(Foto: Roberto Higa/Assembleia Legislativa)

O deputado estadual e candidato a prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) estuda propor a abertura de uma CPI para investigar as contratações da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele suspeita de irregularidades. Durante o primeiro turno das eleições, Marquinhos Trad foi acusado, por adversários, de ser funcionário fantasma da Casa de Leis, o que ele sempre negou.

Para que o pedido de abertura da CPI seja aceito, o parlamentar precisa colher oito assinaturas. Conforme acusação levantada contra Marquinhos, ele teria sido nomeado funcionário comissionado no gabinete de seu pai, Nelson Trad, no período em que estudava no Rio de Janeiro. Sugerindo a CPI, o deputado pretende provar que nada teme, segundo sua assessoria de imprensa. 

Ainda de acordo com a assessoria do parlamentar, a possibilidade de abertura de CPI foi levantada na sessão de ontem e o jurídico está analisando.

Veja Também
Supremo mantém Renan Calheiros na presidência do Senado
Ex-primeira-dama está em cela sozinha para internas com nível superior
Marquinhos convida ex-adversário e vice para equipe
quarta, 07 de dezembro de 2016 - 12h25Relator na CCJ dará parecer favorável à reforma da Previdência Segundo Moreira, seu relatório é pela admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287) da Reforma da Previdência
Servidor municipal pode receber metade do 13º
STF julga afastamento de Renan nesta quarta-feira
terça, 06 de dezembro de 2016 - 17h00Senado vai aguardar decisão do STF e Renan não assina notificação de afastamento Renan se recusou a assinar a notificação depois que a Mesa Diretora do Senado divulgou uma deliberação na qual concede ao...
terça, 06 de dezembro de 2016 - 14h18Trabalhador terá de contribuir por 49 anos para receber aposentadoria integral Com as regras previstas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma, será possível economizar entre R$ 5 bilhões
Proposta de reforma do governo ficar para 2017
STF afasta Renan Calheiros da presidência do Senado
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento