Menu
22 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Coxim

Vendedor de picolé é preso por estupro de vulnerável em Coxim

Crime aconteceu em novembro do ano passado

4 Set2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.18h42

Um vendedor de picolé de 58 anos foi preso na manhã desta segunda-feira, dia 4, por ter forçado uma menina de 4 anos a praticar sexo oral, no ano passado em um hotel na região central de Coxim.

Segundo informações do Edição MS, o vendedor foi preso em casa, na rua Dos Anjos, no bairro Nova Coxim. Na época ele confessou que em novembro do ano passado teria forçado a menina a cometer o ato, mas, agora tenta se livrar da acusação, dizendo que admitiu por medo. Ao ser questionado sobre o medo, Santo desconversou.

Segundo a Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM), ele responde por estupro de vulnerável. Não é a primeira vez que o vendedor é acusado pela prática desse tipo de crime. Ele mesmo contou que já havia ficado preso por dois meses no Paraná, mas não quis detalhar o crime, disse apenas que estava bêbado.

O vendedor foi levado para a DAM, mas ainda esta segunda-feira deve ser conduzido para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim.

Veja Também