Campo Grande •15 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ALMS - Materiais Campanha Gestão para Pessoas Sustentação

Dayene Paz | Quinta, 18 de Maio de 2017 - 11h59Três são presos na Capital em operação contra pedofiliaOperação acontece em todo o Brasil, no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

(Foto: Luciano Muta)

Três homens foram presos na manhã desta quinta-feira, 18, acusados de armazenar arquivos com pornografia infantil. Os investigados foram detidos em casa em cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão. A operação acontece em todo o Brasil, no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.

De acordo com o delegado de Polícia Federal, Marcelo Alexandrino, foram cumpridos 10 mandados na Capital do Estado, com três prisões, de um advogado, um estudante de direito e um comerciante. “Em todos os locais de busca foram encontrados arquivos de sexo entre crianças e adolescentes, muitos com crianças menores de 12 anos”, afirmou o delegado. Há, inclusive, armazenamento de vídeos envolvendo bebês.

As prisões aconteceram no bairro Chácara Cachoeira, Vila Carvalho e Guanandi.  Os presos foram autuados em flagrante pelo armazenamento. A PF ainda investiga se eles apenas armazenavam esses arquivos, ou fazem parte de algum grupo de exploração sexual infantil. “São milhares de foto e vídeos, então serão encaminhados para a perícia para uma análise mais minuciosa”, explica Marcelo.

Um dos investigados é um professor, que ministra aula para crianças e adolescentes. Ele não foi localizado em sua residência. “Vamos pedir a prisão preventiva dele”, afirmou a PF. “Lembrando que quem pratica a pedofilia não tem um perfil, pode ser qualquer um, qualquer classe, profissão, qualquer gênero“, enfatiza. 

A investigação já ocorre há três meses, com ajuda de uma rede de inteligência americana, que consegue monitorar em tempo real a circulação de imagens e vídeos que envolvam sexo, nudez, ou pornografia infantil, que estão inclusos no banco mundial de pedofilia. “Mas isso não invalida a denúncia, a sociedade deve e pode nos repassar informação”, destaca o delegado Cleo Mazzotti.

Veja Também
Quadro de saúde de vítima de tentativa de feminicídio continua sem alterações
Adolescente atingida em tiroteio está na área amarela da Santa Casa
Homem acorda com porta de casa pegando fogo na Capital
Suspeito de participar da morte de ex-presidente da OAB é preso
Policiais dizem que liberaram jovens após vistoria
Identificado homem executado a tiros no Portal Caiobá
Ex-presidente da OAB é encontrado morto
Homem é executado a tiros no Portal Caiobá
Sucuri é capturada pelos bombeiros na avenida Rio Branco
Quatro são presos por furto e porte ilegal de arma
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento