Menu
3 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Dourados

Travesti morre com sete facadas

Acusado se entregou à polícia e disse que foi atacado

31 Mar2020Da Redação11h00
(Foto: Divulgação/Dourados Agora)
  • Local onde acusado e vítima consumiam entorpecentes
  • (Foto: Divulgação/Dourados Agora)
  • (Foto: Divulgação/Dourados Agora)

Júnior Dias de Alcântara, 34 anos, conhecido como "Jennifer" foi morto na madrugada de hoje (31) com sete facadas no pescoço. O crime aconteceu por volta das 2h30, no bairro Canaã I, em Dourados.

O próprio autor do homicídio, um homem de 26 anos, acionou a polícia. Segundo ele, a discussão começou quando a travesti disse que era pai de santo e 'incorporou' o espírito da pomba gira, ameaçando a mãe dele de morte.

De acordo com boletim de ocorrência, o autor relatou que comprou pinga e crack e desde às 18h estavam consumindo bebida e droga. Segundo o autor, depois de ter 'incorporado' e dito que iria matar a mãe dele, 'Jeniffer' teria o agredido no pescoço.

O acusado pegou uma faca e desferiu mais de 7 golpes no pescoço da vítima. Após o crime, Fábio ligou para Polícia Militar e contou que havia matado "Jennifer". As polícias Militar e Civil estiveram no local. Fábio acabou se entregando e foi conduzido à Delegacia.

(Com informações: Dourados Agora)

Veja Também

Gestante é esfaqueada no pescoço pelo marido
Irmãos ligados ao tráfico são presos na fronteira
PM que matou professora em acidente é transferido para Capital
Polícia Civil identifica criação de perfil falso em rede social por estelionatários
Homem que transportava 5 toneladas de maconha é solto dois dias após flagrante
Choque prende três após assalto a farmácia
Bairro Buriti Bandidos armados e encapuzados assaltam farmácia Após render funcionários, dupla levou dinheiro, remédios e imagens das câmeras de segurança
'Não pode ter medo de denunciar'
Homem receberia R$ 100 mil para levar droga em caminhão de mudança
Procurado pela Interpol é preso em Nova Andradina