Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
BR-163

Traficante morre ao trocar tiros com a polícia

Dentro do veículo do autor havia uma grande quantidade de maconha

27 Set2016Larissa Mendes, especial para o Diário Digital10h45

Após não obedecer a ordem de para da Polícia Rodoviária Federal, Antônio Carlos da Silva de 30 anos, morreu depois de trocar tiro com os policiais na rodovia BR-163 na noite de ontem, 26. Dentro do veículo havia uma grande quantidade de droga. 

Conforme o boletim de ocorrência, no começo da noite de noite, a polícia recebeu uma denuncia de que um veículo estaria vindo da fronteira carregado com drogas e armas, e passaria pelo posto policial de Campo Grande. 

Depois de algum tempo, o veículo informado foi avistado e os policiais foram para pista de rolamento, a fim de abordar o autor. Só que assim que Antônio viu os policias, sacou uma arma de fogo e começou a disparar contra os mesmos, que revidaram imediatamente contra os pneus do veículo. Antônio tentou fugir, mas foi perseguido. 

Depois de passar o posto de combustível Savana, o autor abandonou veículo no acostamento e correu para dentro da mata. Houve troca de tiro do autor com os policiais, até que em certo tempo, Antônio não efetuou mais disparos.  Por segurança, a polícia pediu o apoio do Batalhão de Choque de Campo Grande, enquanto aguardavam, revistaram o carro do autor e encontraram uma grande quantidade de maconha, e marcas de sangue no banco do motorista, indicando que o mesmo estava ferido. 

Com a chegada do Choque, os policias entraram na mata e encontraram o autor com ferimentos, portando um tablete de maconha e um revólver calibre 38. Rapidamente Antônio Carlos foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional da Capital, mas devido a gravidade dos ferimentos, faleceu logo em seguida. 

O veículo usado estava com as placas adulteradas e havia sido roubado. A droga e o carro foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar). E a ocorrência foi feita na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga. 

 

Veja Também