Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Violência

Tiroteio entre policiais termina na morte de tenente

PMs discutiram por conta da venda de um veículo e trocaram tiros no Nova Lima

1 Jul2017Valdelice Bonifácio15h29
Tenente aposentado da Polícia Militar foi morto por colega de corporação neste sábado (Foto: Divulgação)
  • Socorristas tentaram reanimar o tenente aposentado da PM, mas ele não resistiu ao ferimento
  • Tenente aposentado da Polícia Militar foi morto por colega de corporação neste sábado (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

O tenente aposentado da Polícia Militar João Miguel Alem Rocha, 50 anos, foi morto em tiroteio no Bairro Nova Lima, em Campo Grande, na tarde deste sábado, 1º de julho. Ele foi baleado após discutir com um sargento da corporação. Os dois, segundo relatos, discordavam sobre a venda de um veículo. Uma terceira pessoa que trabalhava nas imediações também ficou ferida ao ser atingida por um tiro.

Por volta das 12h, os dois policiais se dirigiram à oficina onde o carro que seria comercializado, uma Nissan Versa, estaria à espera de reparos. Não foi revelado quem seria o proprietário do veículo. Os dois discutiram e trocaram tiros em via pública. Um jovem de 18 anos que estava trabalhando em uma bicicletaria próxima, identificado como Gustavo Oliveira, foi baleado acidentalmente na barriga. Ele teria sido atingido pelo sargento.

Populares acionaram o Corpo de Bombeiros e Samu. Houve tentativa de reanimar João Miguel que não resistiu ao ferimento e morreu no local do crime. Já Gustavo Oliveira foi levado para Santa Casa de Campo Grande. Não foi informado o estado de saúde dele. Porém, há informações de que ele precisará passar por cirurgia. 

O policial que atirou em João Miguel deixou o local, logo após os disparos. Há rumores de que ele pretende se apresentar à Polícia Civil na segunda-feira, 3 de julho. A arma utilizada pelo sargento calibre 40 foi recolhida pela perícia. O veículo que motivou a desavença e tiroteio também será periciado.

Veja Também