Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
MT

Suspeitos do assalto ao Sicredi em Rondonópolis são mortos

Confronto com a policia deixou seis mortos; identidades ainda não foram divulgadas

10 Out2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital18h20

Seis homens suspeitos no assalto à agência da cooperativa de crédito Sicredi na Vila Operária, em Rondonópolis, na manhã de segunda-feira, foram mortos em troca de tiros com Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Segundo as informações, os policiais estavam na cidade para investigar a morte do padre João Paulo.

Os assaltantes foram encontrados em uma residência na Rua José Barriga, no bairro Novo Progresso. No momento o grupo fazia a divisão do dinheiro quando foram surpreendidos pelos agentes.

A Polícia informou que os assaltantes são de Primavera do Leste. As identidades dos acusados mortos ainda não foram divulgadas.

Além da agência do Sicredi, o grupo teria roubado ao menos cinco estabelecimentos comerciais na cidade. Nenhum policial ficou ferido ou morto durante a operação.

Na casa foram apreendidas duas armas de fogo e parte do dinheiro roubado. As investigações estão em andamento pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, com apoio de outras unidades do município.

O assalto - A Três homens assaltaram a Cooperativa de Crédito Sicredi, unidade da Vila Operária, no final da manhã de segunda-feira, dia 10.

Segundo informações do Primeira Hora, um homem de com boné e mochila preto, camisa branca teria passando pela porta giratória. Minutos depois ele vai até a janela para depósito de objetos, pega uma arma e inicia o assalto. Outro homem entra no local instante depois.

Em segundos clientes vão ao chão e os criminosos direto para o caixa. Os suspeitos levaram o dinheiro que estava nos caixas, celulares e uma arma que estava com o segurança da cooperativa.

 Os assaltantes teriam fugindo em um fiat Linea, prata. 

Veja Também